Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


"Gracias, Felipe"

por Miguel Marujo, em 11.02.15

gonzalez_large.jpg

«O agradecimento escreve-se em espanhol – “Gracias, Felipe – “porque há alternativa!”, com direito a exclamação. António Costa remata assim o prefácio à edição portuguesa do livro do antigo secretário-geral do PSOE espanhol, Felipe González, À Procura de Respostas (ed. Matéria-Prima), no qual sublinha que “a utilização no título do plural ‘respostas’ é, em si só, uma declaração política da maior importância”.

A importância está nos detalhes, aponta: o plural “significa a negação da resposta única, da natureza de inevitabilidade com que alguns procuram maquilhar as suas opções profundamente ideológicas”. Sem nomear, está aqui a sua crítica ao governo de Passos Coelho. Mesmo que Costa remeta para a Europa, partindo da análise que o antigo primeiro-ministro espanhol faz nesta sua obra, agora traduzida em Portugal, sobre a “implosão do sistema financeiro” que “procurou disfarçar-se na crise das dívidas soberanas”.

“Felipe González levanta-se contra a resposta neoliberal que tem inspirado a política europeia e lança as bases de uma nova liderança política social-democrata”, acrescenta o líder socialista português. E Costa defende “que há um outro caminho para prosseguir o ideal europeu e que esse caminho passa por uma Europa mais forte e mais solidária”. O secretário-geral do PS regista que “alguns quiseram, no seu início, e por óbvias conveniências, fazer crer que esta era uma crise nacional. Não é, nunca o foi. E só sairemos dela com uma resposta global”.

Já o socialista espanhol, no prólogo à edição portuguesa, recupera uma “imagem expressiva” de Durão Barroso: de que “fora necessário fazer ao mesmo tempo o trabalho de ‘bombeiros’ e de ‘arquitetos’”, perante a crise instalada na Europa, desde 2008. Mas a União Europeia (UE) e a zona Euro “reagiram pouco, tarde e mal”, e com o incêndio, os bombeiros só chegaram quando já estava “tudo ou quase tudo” destruído e os arquitetos esqueceram a necessidade de reconstruir o edifício da UE. E conclui: “Quando observo a situação de Portugal (...) pergunto- me, procurando respostas, se alguém acredita de boa-fé que a situação social, económica ou política melhorou nestes anos com as políticas austericidas dos resgates.” António concorda com Felipe.»

[texto publicado hoje no Diário de Notícias]

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES