Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Outubro 20, 2014

esboço sobre a sorte

Miguel Marujo

O euromilhões preenchido na mesa do café é exercício demorado. As folhas gastas de uso, arrumadas em aparente ordem, um clip a juntá-las, dizem da demora no preenchimento do jogo da sorte - há ali cálculo, previsão, raciocínio: números emaranhados em colunas e linhas, sublinhados a cores ou com círculos em volta. Nada parece ser ao acaso, como é suposto na sorte e no azar. O fato é largo, sem gravata, os 70 vincam as mãos e o pescoço, na pasta cinzenta arruma-se a sorte, escondem-se os cálculos, o telemóvel é enfiado no bolso, não há chamadas nem mensagens. Como é aquele dito sobre o amor e a sorte?

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.