Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Abril 16, 2008

Raios e trovoadas

Miguel Marujo

Quando não há nada para dizer fala-se do tempo. Entramos no autocarro ou no elevador ou no táxi, e - desbloqueador de conversa - queixamo-nos da chuva ou do calor. Cavaco na Madeira, ontem, disse que estava um dia perfeito e que o Presidente levou a bonança. Para o táxi, não está mal, para um Presidente da República é pouco, mas para este Presidente, é típico. O senhor Silva não gosta de ondas, nem de enfrentar o mau tempo, e depois dá nisto.