Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Julho 19, 2005

Dois pesos, duas medidas

Miguel Marujo


Sarwar Zardad e Augusto Pinochet


Aplauda-se: o execrável (o adjectivo é meu) senhor da guerra afegão Sarwar Zardad foi acusado de tortura por um tribunal britânico, conta-nos hoje o Público (sem link). O principal conselheiro jurídico do Governo britânico, Lord Goldsmith, é citado pela AFP como tendo afirmado: «Certos crimes são tão odiosos, constituem uma tal afronta à justiça, que podem ser julgados não importa em que país». E acrescenta James Lewis, membro da acusação: «Achamos que esta é a primeira vez em qualquer país, no direito internacional, e certamente no direito britânico, que crimes de tortura e tomada de reféns são julgados nestas circunstâncias.»

Pena que a mesma Grã-Bretanha que agora toma esta decisão importantíssima se tenha recusado a julgar Augusto Pinochet, o execrável ex-ditador chileno.

2 comentários

Comentar post