Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Dezembro 04, 2007

Descontente

Miguel Marujo

Lê-se na Lusa: «Sessenta e um processos de despedimento colectivo foram iniciados no terceiro trimestre do ano, abrangendo um total de 968 trabalhadores, de acordo com o Boletim Estatístico de Outubro, hoje divulgado.» Quase mil trabalhadores despedidos por uma lei que facilita o despedimento, este tipo de despedimento. Invocam-se motivos falaciosos. Inventam-se desculpas esfarrapadas. Nunca se aponta o dedo às administrações, os trabalhadores é que não aceitam as mudanças. Mas ninguém quer saber dos elevados custos sociais para o país destes despedimentos. São números para as estatísticas, inevitabilidades do mercado. No final, ouviremos sempre o mesmo: bagões e ministros a dizerem que tem de ser. Não tem, dizemos nós. E Sócrates não pode estar contente.