Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Janeiro 29, 2004

O escrutínio do Público

Miguel Marujo

Diz José Manuel Fernandes no título do seu (previsível) editorial de hoje no Público, depois de divulgado o relatório Hutton: «Enganos Não São Mentiras». Não, não são enganos, caro JMF. São grosseiras mentiras. Ou não se recorda que Bush e Blair nos prometeram armas de destruição maciça para começar uma guerra que, ela sim, é uma arma de destruição lenta? E que o nosso primeiro-ministro (a despropósito: para quando um editorial escrito por si a criticar tão veementemente o Governo de Durão como fez em relação ao ex-governador da Califórnia?) disse ter visto provas de coisas que não existem?

Mais: o próprio JMF está a sacudir água do capote. O "seu" Público escreveu muitas vezes sobre a iminente descoberta de armas de destruição em massa. Onde estão elas?, pergunto.



A resposta pode ser dada por Hutton:

«(...) os responsáveis de editores tinham obrigação de averiguar a sua veracidade".

· "O sistema editorial (...) falhou".

· "(...) não [averiguou] apropriadamente as [afirmações de Durão] (...)».

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.