Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Abril 30, 2008

Abril de fecho

Miguel Marujo

Há um discurso que por esta época faz caminho. Que teria sido melhor continuar com Marcelo, sem sobressaltos, que a seu tempo a democracia seria nossa. A direitalha que vibra com a ideia, invoca crescimentos económicos, esquecendo que - só com a democracia de Abril - o país deu de facto o salto, económico, social e cultural. Estes saudosos marcelistas-estadonovistas são os mesmos que depois batem forte e feio na Cuba de Castro, mesmo com as medidas de abertura de Raul Castro. Eu, por mim, quero mesmo o fim da ditadura castrista (versão Fidel ou Raul). Com rupturas, sem marcelices.