Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Março 16, 2004

Sobressalto católico

Miguel Marujo

Em demanda googlística, à procura de uma imagem ou uma página que ajudasse a ilustrar aos nossos leitores quem é o Seabra da questão, encontrei uma pérola do economista católico de serviço: João César das Neves fala-nos de «um padre». Faltou-lhe a coragem suficiente para titular o texto como «O padre».



Afinal, escreve o escriba-economista-catequista, «com a sua "desfaçatez na Fé" só sei de outro [padre], um polaco chamado Karol Wojtyla». Assim, tal e qual. E anda a comunicação social distraída a pensar em José Policarpo como próximo bispo de Roma. Esqueçam: está aqui!



César das Neves ilumina a nossa vida sobre a vida e obra de Seabra: «O livro [deste padre] é, pois, uma notável mistura de catecismo, geopolítica, moral prática e história. Na clareza da argumentação, na contundência das comparações, sente-se o que tanto foi repetido nos milénios da Igreja: "Vieram para discutir, mas era--lhes impossível resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava" (Act 6, 9-10).»



Depois disto, falta-me a clareza da argumentação ou a contundência das comparações (exemplo: «A Europa é o nariz da Ásia. Se a Ásia se assoa, a Europa desaparece. (...) A Europa é o Cristianismo ou não é nada»). Frágil me confesso: as minhas certezas são as minhas dúvidas.