Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Novembro 30, 2005

Despertares, menos

Miguel Marujo

Pouco antes das oito, o martelar contínuo começa a ganhar forma, sente-se a parede ir abaixo. Porque será que as obras em casas de vizinhos têm de irromper, assim, cedo, para depois - com o sono entornado e o dia já alto - se acalmarem e quase parecerem um sussurro?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.