Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Prós e contras, apenas isto

por Miguel Marujo, em 29.01.07
«O Sim é medieval», diz Laurinda Alves. Mulheres a morrer e a esvair-se em sangue, por abortos clandestinos é que é modernaço, ó Laurinda.

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Sem imagem de perfil

De CC a 30.01.2007 às 01:26

«Mulheres a morrer e a esvair-se em sangue, por abortos clandestinos»? E os filhos delas também, já agora.
Sem imagem de perfil

De Miguel Marujo a 30.01.2007 às 01:30

Ficamos então, CC, com esses filhos vivinhos e elas a esvaírem-se, mortas. Ficamos então, CC, com o sacrifício da mulher morta, pela vida de um embrião, de uma pessoa em potência, mesmo que deixe cá mais 2, 3, 4 ou 5 filhos ou mais ou menos, que importa a vida destes sem mãe?! O Sim é medieval, na concepção totalitária do Não. Descubro-te um liberal que gosta do aborto livre que existe actualmente, nos vãos de escada, e que desdenha da possibilidade de o combater, com a despenalização da mulher.
Sem imagem de perfil

De CC a 30.01.2007 às 02:09

«Elas a esvairem-se, mortas», Miguel? «Vãos de escada»?
Como neo-realismo, não está mal, não senhor.

Eu não gosto do aborto, Miguel. Nem nos «vãos de escada» (belo cliché, esqueces-te do "flagelo") nem nas clínicas assépticas ou no belo SNS em vias de extinção.
Mas não se combate uma coisa liberalizando-a. Ou, desculpa, "despenalizando-a". Isso só a torna legal, normal, banal.

Mas obrigado pelo "totalitário". Falta o "fundamentalista" e o "obscurantista". Estás a falhar, amigo. Fala com o Daniel Oliveira. ;)
Sem imagem de perfil

De Miguel Marujo a 30.01.2007 às 02:14

Liberalizado já ele está, CC. O que se pretende é acabar com essa liberalização, despenalizando a mulher, é isso que se vota, nada mais. De resto, o Não é totalitário, não disse que tu eras. Não desvio do tema: convido-te a ires aos serviços de ginecologia e obstetrícia para descobrires as consequências dos (não lhe chamo vãos de escada) apartamentos, das vivendas, dos anexos, dos consultórios esconsos, o que quiseres, mas onde a vida da mulher é posta em perigo. É o aborto clandestino que se quer combater, é a criminalização da mulher que se quer acabar. Dispenso ajudas do Daniel. Sempre pensei por mim. Continuo a pensar e (sem interesse) nunca votei Bloco de Esquerda.
Sem imagem de perfil

De CC a 30.01.2007 às 02:24

Também a sério: não é só a despenalização que se vota, Miguel. Se fosse, talvez eu votasse Sim.
Mas o que se vota é também a perda total de direitos de um ser que ainda não nasceu, apenas por vontade (e sem nenhuma causa justificativa) da mãe. É aqui que está o problema. É que, com esta pergunta, o Sim quer dizer que o que a Lei protegia, ao criminalizar a conduta, deixa de ter qualquer protecção jurídica. E, a meu ver, isso é um grave retrocesso ético. Daí o meu Não.
Sem imagem de perfil

De Miguel Marujo a 30.01.2007 às 02:33

como formularias então a pergunta? incluindo mais dois parágrafos a regulamentar a lei? é absurdo: a lei será regulamentada, para isso servem os legisladores, como o Aguiar Branco que votou a favor da pergunta mas não sabe porquê.

e eu prefiro confiar na vontade da mulher, mesmo que alegadamente sem nenhuma causa justificativa. o aborto não é feito levianamente, sem uma grande dor. no seu íntimo, a causa será muito justificativa e dolorosa. violar a sua consciência é obrigá-la a recorrer à clandestinidade, que é o que acontece hoje, que é o que acontecerá se o não ganhar.
Sem imagem de perfil

De Filipe M. Reis a 30.01.2007 às 03:30

Nesta discussão (que hoje entrou em campanha) pergunto-me a quem interessa manter uma disposição legal (inscrita no código penal) que tranquiliza a consciência dos defensores do não. É que eles poderiam continuar o seu trabalho de defesa da vida sem se escudarem num quadro legal que lhes garante poder dormir de consciência tranquila. Se o não vencer, nenhum dos seus defensores poderá dormir de consciência tranquila. É que o "neo-realismo" (que expressão tão bem pensante!) continuará. Mas quem quer saber dos vãos de escada? Isso só acontece nos filmes, não é?
Sem imagem de perfil

De marta a 30.01.2007 às 18:09

Os bem pensantes do Não, querem ter o poder de mandar nas consciências dos outros.
Eles querem lá saber dos vãos de escada; eles sabem que se a filha ou a mulher precisar de fazer um aborto, têm dinheiro para o fazer nas melhores condições.
Eles querem lá saber da "gentinha" que aborta nos vãos de escada.
Nunca quizeram.
Sem imagem de perfil

De CC a 30.01.2007 às 23:11

Pois é, Marta. Nós, os que vamos votar Não no referendo, somos todos iguais: insensíveis, obscurantistas, fundamentalistas, retrógrados e fascistas. Ah!, e ricos.

E tão bom viver num mundo a preto e branco, não é, Marta?

Comentar post





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES