Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Outubro 25, 2007

Morrer devagar

Miguel Marujo

Este blogue é coisa de política, era assim que o apresentaria a amigos e desconhecidos há uns tempos largos. Hoje olho para a política e é coisa que quase me deixa indiferente. Uns arremedos de piadas ou umas boutades indignadas, é como despacho esse mundo daqui. Há um governo que gosta disto - gosta de nós assim parados, mas o desgoverno pega-se, quando oposição e sindicatos trauteiam os seus pequenos interesses, nada que ver com a vida de todos nós. Há dias alguém (não me lembro quem) contava o espanto do professor Charrua, tornado paladino da liberdade, que se dava conta de como os miúdos eram diferentes nas escolas de hoje, ele que há 20 anos estava num gabinete a pensar as políticas para esses miúdos, que ele reconhece não conhecer nem compreender. Morre-se devagar neste país, diz-nos uma cantiguinha de Lobo Antunes. Pois. O pior é que a coisa pega-se: morre devagar este país.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.