Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Agosto 28, 2004

Batalha naval

Miguel Marujo

Não me lembro do Governo português ter impedido a entrada de barcos, como petroleiros de casco único ou navios de cargas nucleares e afins, em águas territoriais por questões de «saúde pública». Apenas o moribundo "Prestige" (e este não vale porque foi graças à intervenção divina de Nossa Senhora de Fátima).

Há um outro barco que me lembro de ter sido barrado com terra à vista: o Lusitânia Express, nas costas de Timor, pelo regime ditatorial de Suharto.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.