Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Fundamentalismos(um comentário do Diogo)

por Miguel Marujo, em 07.02.06
Ontem, ainda em Bruxelas, no táxi a caminho do aeroporto, ouvi uma reportagem radiofónica sobre uma manifestação ocorrida na véspera. Uma jovem muçulmana de origem turca dizia uma coisa que me deu que pensar... Ela dizia que era a favor da liberdade da imprensa e da liberdade de expressão no geral e que era contra as atitudes violentas que se têm verificado em muitos pontos do globo; mas também dizia que isto vai muito para além de um cartoon num jornaleco dinamarquês: "estou farta de ser vítima da associação entre o Islão e o terrorismo". A isso chama-se discriminação e, segundo sei, há leis na Europa que são supostas proibirem isso. Talvez não precisássemos de estar a discutir a liberdade de expressão se fizéssemos o trabalhinho de casa...

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Bolachinha a 07.02.2006 às 17:15

Cada um que fale por si!
Sem imagem de perfil

De Diogo a 07.02.2006 às 21:36

E, já agora, se me permites comentar o meu próprio comentário agora transformado em post, ontem ao jantar, em Helsínquia, uma amiga dizia: "muitos dos que agoram se armam em paladinos da democracia e da liberdade de expressão, são os mesmos que ainda há pouco pediam a expulsão dos estrangeiros". E concluía: "um fascista que defende a liberdade de imprensa não deixa de ser um fascista". Eu, às vezes, prefiro deixar que outros falem por mim.
Sem imagem de perfil

De Çalex a 08.02.2006 às 00:02

Eu compreendo a rapariga turca, mas ela tem de perceber que está inserida numa comunidade que tem como imagem de marca o fanatismo e o terrorismo e que procura defender essa marca junto da comunidade internacional.
Não discuto os princípios da rapariga nem do Islão enquanto religião. Decerto que serão os melhores. Agora, não se pode é dissociar as acções que os fundamentalistas têm com a razão pela qual as tomam.
A partir do momento em que algo adquire identidade de grupo ou comunidade, para o bem e para o mal as acções dos membros dessa comunidade são representativas dessa mesma comunidade.
A queixa muito legitima da rapariga turca deve ser primeiro feita a quem é responsável pelos movimentos que, a pouco e pouco, vão construindo esta imagem do Islão.
Sem imagem de perfil

De Diogo a 08.02.2006 às 13:48

Uau! "ela tem de perceber que está inserida numa comunidade que tem como imagem de marca o fanatismo e o terrorismo e que procura defender essa marca junto da comunidade internacional"... A mensagem está a passar! Agora passamos todos a ser rotulados em função das comunidades em que nos inserimos! É bem: assim fica tudo mais simples! Os alemães são todos nazis, os franceses todos chauvinistas, os amricanos todos estúpidos, os portugueses... Hmmm... Porque não lançamos um concurso para tentar descobrir o que melhor define os portugueses??? Ah! E os turcos, pelo menos as raparigas, já sabemos: fanáticos e terroristas!
Sem imagem de perfil

De Çalex a 08.02.2006 às 21:49

Diogo, ou não percebeste o que eu escrevi, ou então fui eu que não me expliquei bem. Eu explico melhor, se for esse o caso.
Eu não estou a dizer que lá porque há fanáticos e terroristas muçulmanos, todos os muçulmanos são fanáticos e terroristas. O que eu disse foi que isso cria uma imagem e que a comunidade internacional acaba por a ver, consciente ou inconscientemente. São "imagens" que se criam. Porque é que disseste que os franceses seriam todos "chauvinistas" ou os americanos "estúpidos"?? Porque a imagem que é passada desses povos é essa! Sem quereres, acabaste por rotular os povos, tentando defender o teu ponto de vista. É óbvio que ambos sabemos que os franceses não são todos chauvinistas, os americanos todos estúpidos nem os muçulmanos todos fanáticos e terroristas. Mas as imagens criam-se e são anexadas a uma comunidade inteira, para o bem e para o mal.

Não percebo porque é que não citaste as palavras: "Não discuto os princípios da rapariga nem do Islão enquanto religião. Decerto que serão os melhores". Eu sei distinguir, por isso fiz este comentário. Mas é incontornável que se criam imagens e reputações e cada grupo (neste caso, "grupo") é responsável pela imagem que cria. Senão, não tinhas pensado em "estúpidos" para os americanos, por exemplo. Agora vais-me dizer: "Agora é a rapariga turca que tem responsabilidade dos ataques terroristas, não?". Claro que não. A questão não é essa. A questão é criarem-se imagens. Quer se queira, quer não.

Cada pessoa é que tem de perceber, se tiver inteligência para isso, que as imagens de grupos não se aplicam a todos os membros do grupo. Nem precisam de se aplicar à maior parte, se houver uma coisa que se chama "media". Mas que são criadas imagens, isso não tenho dúvidas nenhumas.

Comentar post





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2003
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES