Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Janeiro 22, 2006

Rés-do-chão

Miguel Marujo

O ritual repete-se: caminhar a pé até à Escola Manuel da Maia, gozar do sol quente de Janeiro, passar junto ao marco que assinala "aqui foi mar há 20 milhões de anos", se não me falha a data, ser abordado pelos bombeiros, "quer contribuir", espreitar o número da secção e descobrir que, este ano, já não voto no primeiro andar (onde estão as secções dos eleitores mais recentes), fico-me pelo rés-de-chão, sétima secção. A idade não perdoa, é o que é.

1 comentário

Comentar post