Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Março 23, 2007

Otário

Miguel Marujo

O sr. Marques Mendes indignava-se anteontem com os milhões que vão ser gastos na Ota. Mas Marques Mendes, afinal, toma-nos por otários, quando ele é que o é: o seu acólito Alberto João Jardim despachou obras e subsídios no valor de 130 milhões de euros, no mesmo dia em que se demitiu por birra e por supostamente não ter dinheiro para governar, numa saída aplaudida por Marques Mendes. Haja decoro, apetece dizer, mas é frase gasta com este Jardim. Neste momento, apetece-me exigir uma política fiscal onde eu possa ter direiro à objecção de consciência: nem um cêntimo dos meus impostos deve ir para a Madeira.