Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Novembro 03, 2006

Simplex (caso prático)

Miguel Marujo

Ao contrário do que dizem os nossos empresários, é fácil despedir neste país. Muito fácil. Mesmo sem razão, a coisa segue para tribunal, quando segue, se o trabalhador tiver meios e paciência. Depois, aguarda. A empresa, quando é condenada, se for, já ganhou: não teve mais aquele trabalhador, não lhe pagou ordenados e, agora, já ninguém se lembra. Entretanto, o trabalhador tenta a sua sorte noutro lado, incluindo o desemprego. Aqui, para além da culpa que carrega, tem de esperar dois meses para receber qualquer subsídio. Sim, leram bem: dois meses. Até para se ser desempregado, é preciso ser-se privilegiado.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.