Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Abril 19, 2004

Défices

Miguel Marujo

Há um défice que assoma à nossa porta todos os dias. Agora, a OCDE diz-nos que aquele que a Europa nos impõe ferozmente vai voltar a ser violado em 2005. Manuela Ferreira Leite, que pode estar a caminho de Bruxelas, deixando livre o Governo para a rédea solta da demagogia de uma anunciada «viragem social» - que se mascarará em obras de betão armado e beijinhos às velhinhas - deixa assim mais uma das suas heranças pesadas. Foi assim no início da década de 90, quando - aos cortes feitos na Educação, como secretária do Orçamento - foi premiada com a tutela da... Educação. Foi assim nos últimos dois anos com a insistência numa política de combate ao défice dos números e um défice de atenção às pessoas. Nisto tudo há um défice de política. Se as pessoas não estão primeiro, de que serve a política? A resposta foi dada ontem por Zapatero: a retirada das tropas espanholas cumpre uma promessa sua (de há um ano, e não de 12 de Março) e combate uma guerra assente na mentira e na manipulação.