Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O melhor momento da TVI que eu perdi

por Miguel Marujo, em 23.10.03
O famoso diálogo de terça-feira, entre Miguel Sousa Tavares e Manuela Moura Guedes...

Actualização: Alertado pelo Terras do Nunca, cada vez mais um "clássico", dou com uma versão ainda mais corrosiva no Jornal de Notícias. Actualizo então o texto:



[...]

Miguel Sousa Tavares (MST) - Estava eu a dizer que o meu primeiro trabalho, quando saí da faculdade foi na Comissão de Extinção da Pide, onde tive ocasião de folhear muitos processos que a Pide tinha instruído aos antigos resistentes...

Manuela Moura Guedes (MMG) - Ó Miguel, por amor de Deus, não vais comparar o que agora vivemos com a Pide!

MST - Não vou comparar porque há uma diferença grande, é que as escutas da Pide não apareciam nos jornais e agora aparecem...

MMG - E tu pões uma comparação... É grave, muito grave

MST - Para dizer o seguinte, aprendi outra coisa...

MMG - Havia perseguições políticas...

MST (já em voz mais alterada) - Ó Manela eu ouço todas as semanas o prof. Marcelo Rebelo de Sousa, aqui, nunca o ouvi ser interrompido nem deixarem acabar o raciocínio...

MMG - Não, nunca estive com o prof. Marcelo ...

MST - Ora, eu não me importo de ser interrompido, de ser contraditado, mas importo se tu me impedes de acabar o raciocínio. Se me impedes, eu calo-me e passemos ao assunto seguinte.

MMG - Eu só te peço que não faças comparações com a Pide porque o que eu te perguntei é o comentário ...

MST - Mas tu não tens de me pedir nada, tens de ouvir a minha opinião.

MMG - Sobre a Pide...

MST - Sim, sobre a Pide. O que havia na Pide não eram apenas as actividades subversivas que o Governo pedia. Havia a vida familiar, sexual, extra-sexual, extra conjugal, as dívidas de jogo, havia tudo sobre as pessoas. Portanto, não há nada mais grave do que uma escuta telefónica e é por isso que a Constituição estabelece que o sigilo da correspondência privada é um princípio fundamental. Um juiz só pode decretar em último caso, tem de ser imediatamente apresentado ao juiz, tem que mandar apagar o que é irrelevante. E eu quero saber se isso aconteceu neste caso. E não pode, de maneira nenhuma, deixar que isso chegue aos jornais.

MMG - Tu achas que tudo isso é irrelevante.

MST - Eu não sei se é ou não, sei é que o julgamento não se faz aqui. Eu digo-te uma coisa. Se te puserem sobre escuta telefónica e se publicarem as tuas conversas no jornal tu não te vais reconhecer a ti própria ... E não vais conseguir explicar muitas das coisas que disseste.

MMG - Não percebo...

MST - Porque as pessoas quando falam normalmente, e quando falam com os amigos, falam de maneira completamente diferente. Por isso é que eu digo que isto só faz sentido... É evidente que eu percebo. É uma conclusão que eu tirei. O PS mexeu-se. Claro que se mexeu...

MMG - Não é mexer. São as pressões...

MST - Resta saber que pressões. Se o processo fosse abafado...

MMG - E achas isso normal...

MST - Não. Se fez essas, está errado, e está por demonstrar...

MMG - Está por demonstrar com estas escutas?

MST - Num Estado de Direito, os julgamentos fazem-se em tribunal porquê? Porque obedecem a um contraditório. Porque aparecem as escutas da acusação e a defesa tem o direito de se defender, e de explicá-las.

MMG - E o que é que nós temos assistido se não a explicações dos diversos dirigentes socialistas...Há uma fase, inclusivamente, que Ferro Rodrigues sabe que está sob escuta e de propósito faz uma adjectivação pouco simpática aos magistrados, aos juízes...

MST - Também eu faria. Não gosto que me escutem as conversas.

MMG - Já fizeste o teu comentário?

MST - O meu comentário é assim: eu acho que, infelizmente, e vou voltar a dizer isto (deve ser a quinta vez que digo na TVI), as deficiências da instrução são tamanhas, os incidentes laterais são tamanhos, que eu acho que o grosso dos implicados vai acabar de fora, com prejuízo de acabarem dentro, se calhar, alguns inocentes, e que jamais alguém neste país vai ter a certeza de que se chegou à verdade, seja ela qual for. Foi isso que eu acho que se conseguiu.



Todo o diálogo é de antologia. O texto completo - da sua presença na TVI - pode ser lido no Diário Económico. E rebate ponto por ponto muitas ideias feitas sobre o processo Casa Pia. A ler, obrigatoriamente, sobretudo para quem não viu...

Autoria e outros dados (tags, etc)





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES