Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Abril 09, 2012

Perguntas incómodas ao sr. ministro sobre o fecho da MAC

Miguel Marujo

Sobre o fecho da Maternidade Dr. Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, o ministro atira sempre uns dados para cima da mesa que são meias-verdades ou mentiras absolutas. Assim se faz política, assim se destroi o Serviço Nacional de Saúde.

Será que ele responderia a isto?

 

1. Se não se pode manter uma maternidade sem uma valência de internamento para a mulher, quer dizer o senhor ministro que vai fechar as maternidades Magalhães Coutinho, em Lisboa, Bissaya Barreto e Daniel de Matos, em Coimbra, e a Júlio Dinis, no Porto?!

 

2. Se é preciso rentabilizar as capacidades do São Francisco Xavier e Santa Maria porque não proibir a ADSE de pagar partos nos privados e esgotar então a capacidade do SNS, nestes dois hospitais?

 

3. Como manter a excelência das equipas da MAC se as dividem por dois sítios ou atiram pessoas para o desemprego?

 

4. Se é para fechar a MAC porque gastou este Governo dinheiro em auditorias de qualidade nos últimos meses que vão certificar um serviço encerrado?!

 

5. Se não há qualquer obsessão ou ansia no fecho da MAC porque não espera o Governo pelo parecer técnico do grupo constituído para o efeito e aponta já o fecho como inevitável?

Abril 08, 2012

Libertação

Miguel Marujo

Pessach (do hebraico פסח, ou seja, passagem). Imagem: Êxodo, israelitas escravizados no Egipto.
E no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro, de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.

Abril 06, 2012

Um ministro a insultar todos os portugueses (com risadas do lado)

Miguel Marujo

 

«Deixem-me esclarecer muito vagarosamente a questão, deixem-me esclarecer muito vagarosamente a questão dos subsídios de Natal e de férias. O primeiro, o primeiro ponto a fazer, desculparão, mas é um ponto importante para o esclarecimento. O ano de 2015 é o ano imediatamente consecutivo a 2014.»

 

[nota final: além de insultar, não sabe falar português.]

Abril 05, 2012

Bem visto

Miguel Marujo

"Como é possível manter um governo em que um primeiro-ministro mente?" (Passos Coelho, sobre José Sócrates, antes de ser eleito).

Abril 04, 2012

Urgência social

Miguel Marujo

Reduzir as urgências na Grande Lisboa a dois hospitais. Reduzir o rendimento social de inserçãoe os subsídios de doença, parentalidade e morte para combater alegadas fraudes. O subsídio de desemprego que é para cada vez menos pessoas. Os partidos da maioria que falam, falam, falam da defesa da vida e da família mostram como na prática atacam bem mais depressa as famílias, sobretudo as pobres. Isilda Pegado, estamos à espera de uma petição séria em defesa da vida.