Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Cristo entraria na Católica?

por Miguel Marujo, em 19.07.11

António Marujo (Público, 19.7.2011)

 

«Seria um homem andrajoso, vestido com uma túnica, usada, suja e cheia de pó, de quem andava muito a pé pela Galileia, barba e cabelos desalinhados. Doze séculos depois, outro homem, um saco de serapilheira castanha escura, toscamente cozida, vagueava pelas terras da Úmbria italiana, falando sobre a importância do despojamento. Seriam assim Jesus Cristo e Francisco de Assis (a túnica usada pelo Poverello pode ser vista, aliás, em Assis).

Mais recentemente, outros tinham a mesma atitude: o Abbé Pierre, que morreu em 2007, usava vestes pobres, mas mesmo assim foi exemplo para muitos. Algum deles poderia ser professor ou aluno da Universidade Católica? Sem vestuário “digno e conveniente”, talvez tivessem que ficar à porta.

Uma universidade não é uma praia, claro. Por isso usamos roupa diferente em diferentes situações. Trata-se de bom senso. Mas nunca entendi a ditadura segundo a qual um homem só está bem vestido com fato e gravata (as mulheres têm mais liberdade), nem os Estados que querem impor códigos de vestuário — sejam os talibãs afegãos ou a laica França.

Espera-se, assim, que prevaleça a “chamada de atenção” referida pelo reitor. Mas há uma ideia perversa: a de que cada um vigiará a “salvaguarda do ambiente e da imagem” da UCP, “devendo chamar a atenção dos que se apresentarem de maneira imprópria”. O gosto pessoal dita a regra do alheio? Quem diz o que é “impróprio”?

O Conselho Académico de uma universidade católica poderia concentrar-se, por exemplo, na importância de criar alternativas à ditadura financeira dominante. E em que nela se ensinassem mais valores de acordo, por exemplo, com os apelos do Papa à “refundação do sistema financeiro” e menos com a formação de elites que reproduzem o desejo de lucro dos “mercados”.»

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um certo País, uma certa Europa

por Miguel Marujo, em 18.07.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

Elevador (avaliação política da semana)*

por Miguel Marujo, em 16.07.11

^

ASSUNÇÃO CRISTAS

Ministra do Ambiente

 

É uma medida mais do que simbólica. É desempoeirada – e efectiva: tire-se a gravata, dispa-se o casaco e baixe-se os consumos do ar condicionado, logo a factura da luz. Pena não ser alargada já a toda a administração pública.

 

«

ASSUNÇÃO ESTEVES

Presidente da Assembleia da República


Depois das boas intenções e das promessas de muito trabalho, a realidade imposta pela conferência de líderes parlamentares: duas semanas de férias em Agosto, talvez três. Neste caso, pede-se uma medida mais do que simbólica.

 

v

ANTÓNIO JOSÉ SEGURO e FRANCISCO ASSIS

Candidatos à liderança do PS

 

O debate entre os candidatos à sucessão de Sócrates foi pouco esclarecedor. Sem grandes diferenças que os separem, a discussão sobrou para quem ama mais os socialistas. Afectos em tempos de crise.

 

v

VÍTOR GASPAR

Ministro das Finanças

 

Diz o ministro que 65% das famílias não serão afectadas pelo novo imposto – isto diz mais do País do que da suposta justiça social da medida. Afinal, 75% da nova taxa é suportada pelos que trabalham por conta de outrem. E os rendimentos de capital ficam de fora.

 

* - no DN de hoje

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os pobres que paguem a crise

por Miguel Marujo, em 14.07.11
«A incompetência merece ser penalizada e o sistema financeiro que nos levou à ruptura deve ser recompensado. faz sentido.» (H.S.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Regime especial

por Miguel Marujo, em 14.07.11

Um trabalhador por conta de outrém quando se emprega tem de, para gozo de férias, dar seis meses à casa, e a partir daí pode ter dois dias por cada mês. Os deputados que iniciaram funções há duas semanas, e entretanto com muitos dias de descanso pelo meio, vão parar duas semanas em Agosto, possivelmente três. Demagogia? Não. Não fui eu que andei a dizer durante semanas que não havia férias porque havia muito a fazer. (E vai ser curioso ver os ministros.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Belém à escuta

por Miguel Marujo, em 12.07.11

«Ou o que o Presidente da República dizia há um ano não fazia sentido e Cavaco Silva, para prejudicar o governo, não hesitava em trair o seu País através do silêncio; ou o que diz hoje está errado e para defender um governo não hesita em ser irresponsável. Ou o seu silêncio era oportunista ou as suas palavras são imprudentes. Não se pode dizer para não recriminar quem depois se ataca só porque o partido que governa muda entre uma declaração e outra.» [Daniel Oliveira]

Autoria e outros dados (tags, etc)

O tempo e a moody's

por Miguel Marujo, em 11.07.11

Os Pedros têm um bloco central que nos obriga a pensar: disponibilidade para ouvir, ponderar a mudança. Vão por mim: auscultadores no ouvido, cabeça a fervilhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ignorância

por Miguel Marujo, em 09.07.11
Cavaco veio chamar de ignorantes, aconselhando estudo a quem notou que o senhor mudou de opinião depois das eleições sobre as agências de rating. Ignorante é o senhor, que atira areia para os nossos olhos ao não assumir que antes não tinha de defender um governo socialista, enquanto que agora tem de defender o governo dos partidos que o reelegeram. Ao Presidente falta-lhe chá, mas isso já o sabemos há muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Importa-se de repetir?

por Miguel Marujo, em 07.07.11

"Não vale a pena recriminar as agências de rating, o que nós devemos fazer é o nosso trabalho para depender cada vez menos das necessidades de financiamento externo", afirmou o Chefe do Estado, Aníbal Cavaco Silva - a 14 de Julho de... 2010.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sem caridade

por Miguel Marujo, em 07.07.11

Este alinhamento com uma corrente ideológica que espezinha mulheres e homens deste país não merece qualquer caridade. O patriarca volta a falar do que não sabe, volta a dizer inanidades.

 

«O cardeal patriarca de Lisboa, José Policarpo, considerou hoje que o corte anunciado pelo Governo no subsídio de Natal é uma medida equilibrada porque não atinge os portugueses com menores rendimentos nem discrimina ninguém.

"Esta proposta tem o cuidado de não atingir as pessoas com rendimento mínimo. Quem recebia muito paga muito e quem recebia pouco paga pouco, não há discriminações", argumentou.

José Policarpo, que falava à agência Lusa à margem da cerimónia de inauguração do novo espaço da Comunidade Vida e Paz, em Chelas, defendeu que os portugueses devem apoiar o novo Governo para que seja possível "recuperar" o país.

"Todos nós devemos estar preparados para as medidas equilibradas que nos forem apresentadas para recuperar Portugal. Temos de colaborar com o Governo para que seja possível cumprir os nossos compromissos externos e possamos pôr Portugal a funcionar com esperança, vitalidade e genica", sublinhou.» [Lusa]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maria José Nogueira Pinto (1952-2011)

por Miguel Marujo, em 06.07.11

 

A única mulher que uma vez me fez ponderar um voto à direita ( para umas autárquicas, claro, mas acabei salvo por uma viagem), morreu hoje. A marca indelével das pessoas fica nas convicções, mas mais do que isso sente-se no elogio sincero de todos, da direita à esquerda. E talvez a sinceridade das palavras de João Semedo, do BE, diga muito sobre a vida de Maria José Nogueira Pinto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

É pra meninos e meninas

por Miguel Marujo, em 06.07.11

O novo álbum dos Clã é uma proposta de música para crianças - como o de B Fachada é pra meninos. Logo alguma crítica desconhecedora louvou estes (muito bem aplaudidos, diga-se) em detrimento de um mercado que, argumentavam, infantiliza as crianças, que não tem propostas inteligentes. A conclusão é que desconhecem o que se faz de música infantil de forma inteligente, fora dos pandas e carochinhas. Três exemplos, que misturam livro e CD, num conjunto com boas ilustrações: Sementes de Música, Canta o Galo Gordo (os dois editados pela Caminho) e Cantar Juntos (vol. 1 e 2, ed. A Par), que se encontram facilmente em qualquer boa livraria/FNAC. E já não trago aqui outros projectos igualmente elaborados musicalmente, mas mais antigos, como Contarolando, que envolve o escritor valter hugo mãe, Bom dia, Benjamim (esgotadíssimo) ou Canções de Embalar, um ábum notável de Nuno Rodrigues, "antigo" Banda do Casaco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lixo

por Miguel Marujo, em 06.07.11

"Cavaco já veio pedir para não se dizer mal dos mercados e das agências de rating de novo?" (Shyznogud)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Independentes

por Miguel Marujo, em 04.07.11

Passos Coelho elogiou os independentes do seu Governo, lamentou a derrota de um independente para a presidência da Assembleia da República, de uma forma insultuosa para os anteriores presidentes e para a sua segunda escolha. Hoje Nobre deu razão aos que desdenham da suposta independência de independentes candidatos. Achincalha a democracia e o voto popular, ao renunciar a deputado porque não teve o rebuçado que se achava merecedor.

 

A ofensa final é expressa na carta de renúncia de Nobre: «É com alguma tristeza que me afasto das funções de recém-eleito deputado, mas estou certo e ciente de que serei, como já referi, mais útil aos portugueses, a Portugal e ao mundo na ação cívica e humanitária que constitui a minha marca identitária.» Quer-se dizer que se fosse presidente da AR a sua acção humanitária seria dispensável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Osmologia

por Miguel Marujo, em 04.07.11

Autoria e outros dados (tags, etc)





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES