Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Junho 05, 2011

Culpa de uma esquerda que não soube ser esquerda

Miguel Marujo

E os próximos dois anos vão doer. Não porque os seis tenham sido apenas um descalabro (e foram em muitas coisas, mas não em muitas outras), mas sim porque eles já andam nas televisões a prometer: "emagrecimento do Estado", e não é nos bolsos deles que vão emagrecer. É nos serviços de saúde e na educação, tirando ainda mais aos que já pagam mais.

 

 

 

[actualização: uma nota pessoal de lamento para a não eleição de José Manuel Pureza. Um brilhante parlamentar e político. O país político perde. O país perde.]

Junho 04, 2011

Dia de reflexão (II)

Miguel Marujo

«(...) decisiva é a situação de desemprego em que tantas famílias se encontram. Decisiva é a retirada de benefícios sociais como o Rendimento Social de Inserção (RSI), que nos primeiros anos reabsorveu para o sistema de ensino milhares de crianças que antes não frequentavam a escola (e que deixou de o fazer não por causa da “preguiça” dos mais pobres, mas porque o então Governo do PSD/CDS retirou meios e técnicos ao programa). Decisiva é, por exemplo, a tolerância de alguns políticos em relação às grandes fraudes fiscais que continuam a poder fazer-se no nosso país ou aos mais de 20 por cento de economia paralela (que sonegam grandes recursos ao Estado), por contraste com a absoluta obsessão com as eventuais fraudes no RSI (que são trocos no sistema). Decisiva é, sobretudo, a situação de pobreza em que vivem há décadas franjas imensas da população portuguesa. (...)» (António Marujo)

Junho 03, 2011

Pressas

Miguel Marujo

Hoje é dia de pressas. Como estamos no último dia de campanha, que não pode ser noticiada amanhã (suprema estupidez numa sociedade como a de hoje), os líderes políticos atropelam os últimos cartuchos em parangonas e frases de circunstância - e a comunicação social acelera tudo, que depois tem de calar-se, cala a sua função. Depois, pela meia-noite, cai o silêncio numa hipocrisia desadequada que quase ninguém coloca em causa (em devido tempo).

Junho 02, 2011

Das hortaliças

Miguel Marujo

E agora, Angela Merkel?! Os pepinos afinal não são pigs-espanhóis, o que já não dá para sacudir a mortandade da horta alemã. Já conhecíamos o truque: a senhora chanceler gosta muito de atirar a culpa para os outros, a ver se estanca as derrotas eleitorais. E sempre quero ver se Merkel agora vai exigir diminuição de férias e aumento de produtividade aos alemães que investigam os pepinos assassinos. É o mínimo que se lhe pede.

Junho 02, 2011

Coming out

Miguel Marujo

O senhor Pacheco Pereira desafia os jornalistas (em particular os do DN, lá saberá ele as suas obsessões) a fazerem o seu coming out sobre os partidos: dizerem em quem votam (como fez um subdirector do DN). Pergunta-se: por que é que aquele que é deputado do PSD esconde na imprensa em que escreve essa sua condição? No Público é "historiador", na Sábado é "professor". Eu que julgava que a política era a sua actividade profissional principal...

 

 

 

Registe-se: neste post só aceito comentários assinados. Não de anónimos. Assumam-se.

[actualize-se: no dia em que tu, Miguel, fizeres o teu coming out, estaremos conversados.]

Pág. 3/3