Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Abril 09, 2011

Este país não é para acordos

Miguel Marujo

O Expresso hoje vende-nos o inevitável: 47 homens e mulheres, entre muitos que aprecio, outros que nada me dizem, querem um compromisso. A linha de discurso é de salvar o País. Eu estou de acordo: comprometo-me a aplaudir qualquer compromisso que não queira afundar o País num fundo sem fundo como o FMI provou na Irlanda e na Grécia. Iremos ao fundo assim? Já fomos. Como os outros, sem que se vissem resultados. Prova de que o capitalismo bateu no fundo e esta crise é dele, nada mais, apesar dos neoliberais continuarem a prescrever as receitas para o desastre que eles semearam (com a conivência de governos socialistas como o do PS).