Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


São cavacas, senhores

por Miguel Marujo, em 07.01.10

Em dia de anos do João, do Pedro, da Mónica, do Bernardo... as cavacas começam a ser lançadas. Do alto da Capela de São Gonçalinho, em Aveiro, estes bolos podem abrir a cabeça de alguém - vai-se prevenido de guarda-chuva ou redes de pesca.

 

[foto via Miguel A.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Notas das semanas

por Miguel Marujo, em 07.01.10

País estranho este, onde a escola ocupa obrigatoriamente os pensamentos de quem ainda não foi pai e mãe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Em finados de Reis

por Miguel Marujo, em 06.01.10

 

Em homenagem aos meninos (e aos senhores idosos) que estiveram pendurados nas varandas... a sofrer com as intempéries.

[design Nuno Timóteo]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu,

por Miguel Marujo, em 06.01.10

iberista me confesso, em dia de Reis.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aloé vera

por Miguel Marujo, em 05.01.10

[via facebook]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Inclemências

por Miguel Marujo, em 05.01.10

"Vou já tratar deles", o barbeiro inclemente com os caracóis indomáveis.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Crescer

por Miguel Marujo, em 05.01.10

O alvoroço e irrequietude das crianças deu lugar ao planeamento de acções e movimento, assim como ao pensamento abstracto. Que é como quem diz, Joana Amaral Dias e Medeiros Ferreira têm novo blogue.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Em Abril era assim

por Miguel Marujo, em 04.01.10

Algures sussuram sinos. [Confirma-se de facto a sua morte.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

A morte, malvada, só não nos tira a música

por Miguel Marujo, em 04.01.10

La chanteuse américano-mexicaine Lhasa de Sela est décédée vendredi le 1er janvier 2010, vers 23h15, des suites d'un cancer du sein. Elle était âgée de 37 ans.

 

[actualização: esta notícia cita duas fontes próximas de Lhasa: uma jornalista amiga da cantora e o padrasto; aparentemente há quem a desminta - no Blitz citam-se fontes da editora, mas no site da mesma não se lê nada]

 

Fica a música, a palavra. Sempre.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A trincheira relativa (II)

por Miguel Marujo, em 04.01.10

O Vasco escreve muito melhor que eu sobre esta coisa de se banalizar Salazar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A trincheira relativa

por Miguel Marujo, em 03.01.10

Em 1960, o Governo de Salazar tinha poder. Em 2009, em inúmeros sentidos o Governo de Sócrates detém ainda mais poder. Não prende, mas tem muitas formas de silenciar. Não mata, mas se quiser persegue. O que tem para distribuir arbitrariamente pelos seus "amigos políticos" são recursos que o paroquial Salazar desconhecia.

 

Pedro Lomba salta com agilidade 50 anos para apostar numa ideia: a de que Sócrates, subrepticiamente, é mais perigoso que Salazar. O homem de Santa Comba Dão seria paroquial junto da teia urdida pelo homem que será culpado de assinar casas de mau gosto, ter pedido a um professor que lhe desse uma nota a um domingo e ter um primo que ninguém escolheu para familiar. Relendo o parágrafo fui transportado para o livro Salazar e os Milionários, editado recentemente, da autoria de Pedro Jorge Castro, que minuciosamente detalha a vida e as relações do ditador com os "milionários" deste país.

 

A principal conclusão desse livro: a promiscuidade de negócios, o jeitinho e o abuso de poder eram norma, regra de um Estado que saciava patrões para estes manterem a ordem nas empresas - e a paz social no país. Mais: lida a documentação que acompanha o livro e o relato das relações com Ricardo Espírito Santo que, mais do que qualquer ministro, era verdadeiramente o segundo homem do Governo do país, na sombra, sem escrutínio. Perguntar como pergunta Pedro Lomba, a rematar, Como é que nos libertámos dum Estado obscuro e governamentalizado e fomos gerando outro, em certos aspectos, mais obscuro e governamentalizado? - é má-fé: uma ditadura é sempre mais obscura e governamentalizada e, no caso, o Estado confundia-se com os patrões para, em conluio, domesticarem um povo. Hoje, em 2010, Pedro Lomba pode escrever o que nunca poderia dizer em 1960, sem ser preso e, talvez, torturado. Hoje, em 2010, o relativismo faz escola.

 

Interessante é perceber que os mesmos que o fazem são aqueles que atacaram a esquerda por supostamente ser relativista no tratamento dado às alegadas armas de destruição maciça e Saddam. Percebe-se: a trincheira mudou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

[Poesia distribuída ao domicílio]

por Miguel Marujo, em 02.01.10

«Santa Clara de Assis

Eis aquela que parou em frente
Das altas noites puras e suspensas.

Eis aquela que soube na paisagem
Adivinhar a unidade prometida:
Coração atento ao rosto das imagens,
Face erguida,
Vontade transparente
Inteira onde os outros se dividem.»

(Sophia de Mello Breyner Andresen, de No Tempo Dividido, 1954)

 

uma prenda do Rui, à Clara

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 4/4





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES