Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Novembro 18, 2009

Jogo

Miguel Marujo

Ouve-se a transmissão do jogo Bósnia-Herzegovina - Portugal e parece que a Selecção joga no terceiro mundo, que nós fomos para a guerra, que, que, que... Isto é desporto, rapaziada. (Já não falo de jornalismo nisto.)

Novembro 15, 2009

Livros (breves apontamentos*)

Miguel Marujo

Perto da perfeição, este romance de Richard Yates traz-nos um relato de duas famílias da classe média americana que vivem o sonho adiado de um futuro melhor. O autor de “Revolutionary Road” traça com “Perto da Felicidade” esse sonho mítico – que a América sempre vendeu ao mundo – de uma forma crua.

Perto da Felicidade, Richard Yates, Quetzal, 2009

 

Um jovem inglês com 20 anos deixa a sua casa numa manhã de Verão. Um ano depois está em Vigo, percorre as terras quentes de Espanha, até ao sul nos meses que antecedem a Guerra Civil espanhola. Numa prosa simples, Laurie Lee traz-nos um relato de viagem que nos transporta para um país tão próximo de Portugal  e cuja história trágica ecoou por cá.

Quando Parti Numa Manhã de Verão, Laurie Lee, Bertrand Editora, 2009

 

É uma aposta arriscada esta, apesar do nome da obra e do seu autor – “Sacanas sem Lei”, de Quentin Tarantino é a publicação do argumento original do último filme do realizador de “Pulp Fiction”, uma iniciativa rara no mercado editorial português. Com este livro é possível acompanhar alguns dos mais notáveis diálogos dos filmes e decompor como se preparam as cenas que nos chegam aos ecrãs.

Quentin Tarantino, Sacanas sem Lei, Contraponto, 2009

 

O mundo globalizado já não guarda grandes segredos sobre lugares inacessíveis ou sítios exóticos, mas estes “Traços de Viagem” prometem trazer ao leitor “experiências remotas, locais invulgares”. A acompanhar as crónicas de Manuel João Ramos, que já tinha trazido “Histórias Etíopes”, este diário de viagem é ilustrado com desenhos desses lugares. Pena que as ilustrações venham a preto e branco.

Traços de Viagem, Manuel João Ramos, Bertrand Editora, 2009

 

É a primeira obra a chegar a Portugal de uma escritora japonesa com mais de 20 romances publicados e traduzidos um pouco por todo o mundo. Os elogios também precedem Yoko Ogawa e este seu “Hotel Íris”, uma história em que Mari e a sua mãe gerem um pequeno hotel num Verão de obsessões e descoberta do desejo.

Hotel Íris, Yoko Ogawa, Quetzal, 2009

O criador da BD “Mutts”, Patrick McDonnell, empresta o seu traço inconfundível a um compêndio de ideias que Eckhart Tolle formula para nos fazer sentir melhor. Oprah diz que ele “é um dos profetas dos nossos dias” e “Guardiões do Ser” quer ensinar-nos que “todas as coisas naturais – cada flor, cada árvore e cada animal – têm lições importantes para nos ensinar. Um livro deste tempo.

Eckhart Tolle e Patrick McDonnell, Guardiões do Ser, Pergaminho, 2009

 

 

[* - escritos para 24horas, nem todos publicados]