Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Setembro 07, 2009

Asfixias (comentadas)

Miguel Marujo

«A líder do PSD rejeitou a crítica de que existe "asfixia democrática" neste arquipélago, argumentando que "quem legitima o poder é o voto do povo e não está ninguém aqui por imposição, é em resultado dos votos".» Sócrates foi legitimido pelo povo, não está cá por imposição, está em resultado dos votos - ou a senhora já anda a ensaiar a suspensão da democracia por seis meses?

 

«"Acho que há asfixia democrática no continente", adiantou, apontando que "todos os jornalistas, todos os empresários, muitas das pessoas da sociedade civil, percebem que estão sob algum tipo de chantagem".» Todos os jornalistas? Está muito enganada. Nunca fui chantageado, ao contrário de alguns senhores do Governo PSD-CDS que fizeram o favor de me ligar algumas vezes.

Setembro 07, 2009

Asfixias

Miguel Marujo

Breve amostra impressionista de um visitante das ilhas:

i. A jornalista do DN funchalense perguntava ao repórter da TSF local, como contar a história de dinheiros mal explicados entre Jaime Ramos e outro dirigente do PSD madeirense. "Põe as posições dos dois, um contra o outro, pode ser que assim publiquem."

 

ii. O anterior bispo do Funchal recebe uma delegação do Movimento Católico de Estudantes. Confrontado com a situação de pobreza dos miúdos das caixinhas e do Estreito de Câmara de Lobos, D. Teodoro respondeu: "Sabem, isso da pobreza é lá em África." A Igreja do Funchal sempre tão coerente com a Quinta Vigia.

 

iii. O autarca do Porto Santo que foi posto fora da ilha porque já nem o bispo podia calar os casos de assédio sexual.

 

 

Sobre isto tudo, mais de 30 anos de partido único - sustentado pelos milhões de contos e euros que todos os contribuintes continentais dão para a Madeira apesar de sistematicamente insultados pelo soba da região -, que nos diz Manuela Ferreira Leite? «"Seria inaceitável não vir à Madeira que é um exemplo típico um bastião inamovível do PSD, que é um exemplo do bom governo do PSD, é o local do continente e das ilhas, de todo o Portugal, em que a política social-democrata tem mais efeitos visíveis no que é o êxito, o progresso o desenvolvimento e bem-estar das pessoas", afirmou.»

Setembro 05, 2009

Resumo

Miguel Marujo

Liedson resolveu qb. Quem não resolve é o mimado de Madrid. Já tínhamos saudades da máquina de calcular com a Selecção Nacional.

Setembro 05, 2009

A dança

Miguel Marujo

A morte entrou nos 4 anos do M., não pela avó que morreu há uns tempos, mas porque Michael Jackson foi assombrando noticiários. As suas danças fascinam os olhos vivos e M. fica a pensar, soltando a torrente de dúvidas: Mãe, o Michael Jackson foi para o céu, como a avó? E ele vai dançar lá? A avó sabe dançar? Os dois vão dançar juntos?

Setembro 05, 2009

Censuras

Miguel Marujo

A Média Capital/Metro despediu-me ao fim de seis anos, invocando... "período experimental", mesmo que o trabalho fosse elogiado por todos (que até me queriam contratar de novo para a Média Capital/IOL, desde que desistisse do processo). Agora não despediram ninguém, não calaram nada (as peças sobre o Freeport passaram hoje, com uma nota ridícula sobre serem peças preparadas para o "Jornal de MMG"...), limitaram-se a mudar o nome da coisa e quem apresenta e cai o Carmo e a Trindade.

 

Escusado será dizer que a senhora marra com todos. Não é só com Sócrates, é com os "maus jornalistas", como diz agora, que ela tratava de insultar todos os dias na sua própria redacção, quando não os obrigava a mudar de nome, só porque não gostava desse nome, como aconteceu com uma então estagiária. Sim, é ela, MMG, a paladina da verdade.

Setembro 04, 2009

Mas não tinham censurado não sei o quê?

Miguel Marujo

«O Jornal Nacional da TVI vai transmitir hoje a peça sobre o caso Freeport que fora preparada para o Jornal de Sexta, de Manuela Moura Guedes, suspenso quinta-feira pela administração da empresa, disseram à Lusa fontes da estação. A peça é um trabalho de investigação sobre o caso Freeport feito pelos jornalistas Ana Leal, Carlos Enes e Manuela Moura Guedes.» [Diário Digital]