Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Outubro 24, 2008

..."grave misgivings" about what was happening at Guantánamo

Miguel Marujo

«A few months ago, I received a surprising and moving e-mail from Lt. Col. Darrel Vandeveld, a military lawyer who has been prosecuting detainees at Guantánamo for over a year. He had, he said, "grave misgivings" about what was happening at Guantánamo, the trials, and U.S. policy. What advice did I have to offer? I dashed off a reply to this effect: "Quit."

He did just that, as reported on page one of last Sunday's Los Angeles Times. He could no longer remain a Catholic, a follower of Jesus, he said, and keep himself embroiled in "this mess." His brave decision is not only a sign of hope, it challenges us to withdraw our own cooperation with U.S. militarism and embark on the path of the nonviolent Jesus. [...]», John Dear, in NCR.

Outubro 23, 2008

Desculpem-me! Este idiota chapado não é cristão! Tanta mãozinha no peito e é um pecador!

Miguel Marujo

Reparem bem na notícia da Lusa. Os sublinhados são meus.

 

«O economista João César das Neves disse hoje que a actual crise financeira internacional deveria afectar Portugal "com mais violência" para estimular a economia, já que a crise anterior não foi suficiente. "Em Portugal acho que era importante ter uma coisinha um bocadinho mais violenta para ver se a economia acorda, embora os custos sejam grandes. O problema da economia portuguesa dos últimos sete anos é que a crise anterior não foi muito forte, pelo que não crescemos, não caímos, não demos em nada", afirmou o professor, em Lisboa. Falando no almoço-debate da Associação Cristã de Empresários e Gestores de Empresas (ACEGE) subordinado ao tema "O enquadramento da actual crise à luz da doutrina social da Igreja", João César das Neves sublinhou que, actualmente, "ainda não há sinais claros de uma crise verdadeira", mas garantiu que "certamente vai haver".»

 

Estes senhores deviam ser desqualificados pelos bispos.

Outubro 23, 2008

O circo entope a cidade

Miguel Marujo

Volta e meia é isto: a cidade é arrendada a empresas ou a “eventos” e quem se lixa é o mexilhão – obrigado a fazer ginástica para chegar ao local de trabalho ou simplesmente para se deslocar na cidade. Ao lermos as proibições de circulação que Lisboa terá nos próximos dias por causa de um “Renault Roadshow” (repare bem no nome pomposamente inglês, que é para disfarçar o que é: uma acção publicitária sem nexo de uma marca de automóveis), somos obrigados a pensar que ou os lisboetas são todos papalvos ou os nossos governantes acham que basta circo para esquecermos o pão. O centro de Lisboa vai estar em estado de sítio com uns automóveis a poluir uma das avenidas mais poluídas do País. A organização espera 100 mil pessoas no regresso da Fórmula 1 à cidade. Não é nada disto, dizer isto é publicidade enganosa. Serão uns carros iguais aos desta modalidade, sim, mas acima e abaixo a fazer barulho. E o mais engraçado é nunca se ouvir, nestas alturas, os habituais velhos do Restelo que tanto detestam o dia sem carros (uma iniciativa com sentido) a praguejar contra este circo.


[da minha crónica de hoje no 24horas]

Outubro 22, 2008

Lutador

Miguel Marujo

McCain é um lutador. Ontem na Pensilvânia repetiu-o: lutou toda a vida pela América, coisa que Obama (por contraste) não terá feito. A história pessoal do senhor é de coragem, sim, mas aquilo que significou a guerra do Vietname não pode servir de cartão de visita para o futuro Presidente americano. Esta luta não foi pela liberdade e já percebemos onde nos conduziram estas últimas guerras pela liberdade.

Outubro 22, 2008

O liceu do meio

Miguel Marujo

Quando umas 20 pessoas que pouco ou mal se conhecem entendem-se facilmente com a quase senha "o liceu do meio", só podem tratar-se de cagaréus e ceboleiros deslocados em Lisboa a jantarem. Faltou o Pacheco e discutiu-se o aeroporto de Aveiro...

Outubro 21, 2008

Os últimos 20 anos

Miguel Marujo

«Portugal é um dos países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) com maiores desigualdades na distribuição dos rendimentos dos cidadãos, ao lado dos Estados Unidos e apenas atrás da Turquia e México.» [da Lusa]

Outubro 21, 2008

Magalhães

Miguel Marujo

Só conseguiu fama e louvor ao serviço de Castela. Agora que a sua terra o podia acarinhar, cai no ridículo da política.

Outubro 20, 2008

Justiças e silêncios

Miguel Marujo

Uma freira não pagou um bilhete de autocarro e a multa e acabou presa, por 30 dias. Um dos filhos de Durão Barroso foi detido com uma pedra de haxe superior ao limite para consumo individual por dez dias. Foi mandado para casa com termo de identidade e residência. Um manto de silêncio cobre as indignações habituais de juízes e bastonários.

Outubro 19, 2008

Escoamento

Miguel Marujo

Há uns senhores que rejubilam por o túnel do Marquês ontem ter sido o único a escoar as águas da chuva. Ainda não perceberam que esse é o problema: aquele túnel escoar tão bem as águas... e o trânsito - entupindo assim o resto de Lisboa.

Outubro 19, 2008

Potes de ouro

Miguel Marujo

Há instantes um largo arco-íris começava ali para os lados do jardim das Amoreiras e acabava na zona do jardim da Estrela. Não nos chegaram notícias da descoberta de qualquer pote de ouro.