Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Agosto 22, 2008

Recordes de estupidez

Miguel Marujo

Nem com uma medalha de ouro o jornal-supostamente-desportivo que se diz o mais vendido consegue dar um destaque digno à notícia do dia (onde é que eles terão aprendido jornalismo?). E é este o país que grita com o dinheiro dos olímpicos.

 

[refiram-se as excepções: A Bola e, ainda mais, O Jogo souberam o que hoje era acessório: o futebol.]

Agosto 21, 2008

De olhos em bico

Miguel Marujo

Sempre que um muçulmano se sente ofendido por um qualquer gesto de ocidentais, logo na nossa praça aparecem uns mais cruzadistasqueoscruzados a gritarem aqui d'el-rei que nos querem dar cabo da liberdade de expressão, do nosso modo de vida, das nossas cidades e por aí fora, num muro grande de lamentações. Agora que espanhóis e argentinos resolveram brincar com os olhos em bico, explode um international criticism por esta crude impersonation of Chinese people. Com os chineses não se pode brincar? Só com Maomé? Jornais que publicaram as caricaturas do profeta, agora atacam os atletas por racismo. E por cá, Helena Matos ou José Manuel Fernandes ainda não nos disseram que estamos pertinho de ficar sem fala.

 

(eis as imagens que muitos dizem ser racistas...)

 

 

Agosto 20, 2008

Divorciados

Miguel Marujo

Alguns bispos, os partidos de direita e a Associação de Famílias Numerosas rejubilam com o veto de Cavaco à lei do divórcio. Diz o Presidente que quer o proteger o elo mais fraco, como se a actual lei protegesse alguma coisa. O porta-voz da Conferência Episcopal (e não a Igreja, onde há muitos divorciados) disse à Lusa que a Igreja compreende que há situações difíceis para a vida das pessoas e que atingem muitas famílias, mas frisou que "o regime jurídico deve defender a unidade da família porque ela é um bem para a sociedade". Mas se essa unidade for um terror diário, a Igreja prefere falar da indissolubilidade do casamento.

 

(E mais uma vez esta ideia: a Igreja isto, a Igreja aquilo. Lamento: eu também sou Igreja e não me revejo nestas declarações avulsas e cegas de alguns bispos e de umas famílias numerosas. E não deixa de ser curioso que o ataque seja a uma lei redigida entre outros por... Rosário Carneiro.)

Agosto 20, 2008

Daqui a quatro anos

Miguel Marujo

... estaremos a carpir mais mágoas e lamentos pelas medalhinhas, que tanto queremos e nada fazemos. Para mudar é preciso isto: muito dinheiro na formação desportiva, muito desporto escolar, muitos desportos a serem apoiados. Claro que em casa onde não há pão todos ralham com muita razão porque só o futebol é que interessa. E não é preciso esperar pelo início do campeonato da bola.

 

Usain Bolt vence os 100 metros com novo recorde. Nós à Jamaica vamos de turismo...

Agosto 19, 2008

Ao espelho

Miguel Marujo

Durante quatro anos desconhecemos que temos campeões no tiro ou na vela ou no judo, de quando em vez dá para uma reportagem no fim do telejornal e merecem uma página qualquer depois de 56 páginas sobre as incidências da jornada de futebol. Ao fim de quatro anos, tornamo-nos especialistas encartados em remo e lançamento do peso para opinar sobre as prestações dos olímpicos - que só lá estão porque obtiveram mínimos para isso - e desatamos a praguejar irritados contra as suas desculpas. No fundo, irritamo-nos porque nos vemos ao espelho: todos os dias temos saudades da caminha e quando damos um toque na estrada culpamos o ecrã gigante que nos encadeou.