Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Julho 12, 2008

E não se pode calá-lo?

Miguel Marujo

Não são "aceitáveis imagens em Portugal que nos fazem lembrar Beirute", disse Paulo Portas sobre o tiroteio na Quinta da Fonte. Este senhor é lamentável a todos os títulos: Beirute foi uma cidade devastada por guerras civis, não um mero problema de segurança.

Julho 12, 2008

Um perigo estas cidades

Miguel Marujo

 

Dois episódios de violência num bairro às portas de Lisboa devem provocar as habituais comoções ­– de uma certa direita a espingardar por mais segurança, que vai ao encontro da lógica armada destes grupos violentos; e de uma certa esquerda que mete a sociologia no saco e arma-se de suposta pedagogia que, no fim, se confunde com inacção.

Mas nas entrelinhas da notícia há um pormenor essencial: o bairro da Quinta da Fonte alberga pessoas de diferentes origens desalojadas pela Expo’98. Excluídos do Portugal de sucesso, ninguém cuidou de uma inserção social séria desta gente. O Estado já fez muito ao dar-lhes a casinha, pensamos todos, sem cuidar que se exige mais das instituições do que despejar as pessoas num qualquer lugar, a maior parte das vezes sem condições.

Outro aspecto essencial, que escapa sempre ao discurso sobre a (in)segurança. A proliferação das armas só ajuda a alimentar o crime. Se o próprio Estado vive da venda de armamento, pode queixar-se que haja quem dele faça mau uso?!

 

[editorial hoje no 24horas]