Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Agosto 24, 2007

Cinema assim

Miguel Marujo

Bem sei que nós rapazes temos lá o nome, mas portamo-nos mal. Melhor: portamo-nos bem, deixamos a Rita, merecidamente, brilhar. O Cinerama comemorou três anos este mês. Os rapazes continuam a portar-se mal...

Agosto 23, 2007

Eurotostões

Miguel Marujo

A quebra nas vendas do Euromilhões no primeiro semestre deste ano está a afectar negativamente as contas públicas, uma vez que parte dos lucros com os jogos sociais constituem receitas do Estado, diz hoje o Público. O Estado joga à sorte e dá-se mal. Devia antes procurar que as pessoas tivessem dinheiro e não andassem aos... tostões. Já não teria quebras destas.

Agosto 22, 2007

34

Miguel Marujo

Death Proof e Tarantino, casamento e divórcio, burgueses e adúlteros, Jesus e Nietzsche, sociólogos e tagarelas, noves fora 34: o Estado Civil voltou de férias.

Agosto 20, 2007

Soberba

Miguel Marujo

Em Budapeste, há um ano e meio, enamorados enamorámo-nos desta Ponte, a das Correntes, que atravessávamos uma e outra vez, com o vento a bater no rosto, os cabelos soltos, para o lado de Peste, ou de volta a Buda olhando a colina soberba. Hoje, aviões sobrevoaram o Danúbio enquadrados pelo Parlamento e pelas pontes. Arriscando a soberba.

Agosto 20, 2007

Activistidiotas

Miguel Marujo

Uns energúmenos destruíram um campo de milho. A GNR ligou pouco, e mal. Os tipos - que não defendem assim qualquer ponto de vista qualificado - merecem ser punidos. No Abrupto descobre-se, por um leitor, que «o porta-voz dos verde eufémia [o movimento radical] pode ser visto em detalhe aqui, onde se pode ler por exemplo: "Gostava de conhecer... Activistas para partir esta merda toda como deve ser!"»
Agora, o rapazinho actualizou o texto e diz que «Gostava de conhecer... Jornalistas medíocres que gostam de cuscovilhar as minhas brincadeiras com amigos do Hi5 para tentarem dar uma má imagem ao porta-voz de um movimento pacífico [kidding, right?] de desobediência civil...». A má imagem já foi dada pelo acto idiota e criminoso deste fim-de-semana, não pelo hi5.

Agosto 20, 2007

Tufões destes há muitos

Miguel Marujo

Só por uma vez estive sob a ameaça de um tufão. Andávamos desde manhã na cidade, e tirando um céu carregado, pouco me indicava o que se aproximava. Ao início da tarde, recebemos ordens para regressar à base, o campus universitário da Universidade Chinesa de Hong Kong.
Não me lembro do nível atingido, da verdadeira ameaça que seria. À noite, pela televisão (as portas do edifício estavam hermeticamente fechadas), assisti ao que significava aquilo tudo: ventos ciclónicos a fazerem voar os andaimes de bambu, ou ramos de árvores, ou a jornalista que insistia em fazer o directo da rua. Mas como tudo era falado em cantonês, a mim pareceu-me coisa distante, que nunca vivi a sério. Estava lá fora.
Como agora, com os furacões que atingem as Caraíbas, coisas distantes, que tentamos desesperadamente tornar nossos, ouvindo os turistas portugueses que por lá andam.

Agosto 18, 2007

Protela

Miguel Marujo

Os defensores da Portela andam muito caladinhos. De Congonhas, ainda esboçaram uma reacção dizendo que não se comparavam as pistas. Mas agora com o pico do Verão, a greve do pessoal de terra, as malas extraviadas ou as esperas de uma hora ou mais, os check-ins caóticos, agora foram todos a banhos. De preferência, evitando utilizar a Portela.

Agosto 17, 2007

OBNI*

Miguel Marujo

O Still Kissin' é um blogue de leitura obrigatória. Mas tem as suas épocas - umas vezes, o JMF fecha a casa, outras vezes põe-nos a Scarlett, só para olharmos. Agora, de cada vez que lá vou, vou parar a uma página do Lidl. Um novo tipo de publicidade?, um hacker no Still?, ou uma provocação morgadiana?

[* - objecto blogosférico não identificado]

Agosto 17, 2007

Férias (II), em Lisboa

Miguel Marujo

Não há que (me) queixar de Lisboa em Agosto: já não é o deserto agostiniano de antigamente e as ruas vivem-se com mais tempo e menos gente, mesmo que todos os caminhos pareçam ir dar às mesmas Romas de sempre. O leitor de jornais é que tem de ser perseverante. E o cliente do café. E o da farmácia cá do bairro. (E fecho a lista para não me queixar de Lisboa em Agosto.)

Agosto 16, 2007

Morte ao rei

Miguel Marujo

O rei está vivo, não morreu. Não há jornal que não tenha repetido a fórmula por estes dias, por causa do Elvis Presley. Ainda não vi nenhum a ter coragem para dizer o óbvio: o rei morreu, pim!, morte ao rei. (E depois vamos ouvir a música. Só.)

Agosto 16, 2007

Fresco

Miguel Marujo

Gosto destas manhãs frescas, o sol morninho, como quando miúdo íamos para a Praia Nova, na Barra, e a ronca do farol nos dizia que estava nevoeiro, fresquinho, a t-shirt vestida até que abrisse a primeira nesga. A praia era ingénua, nessa época.