Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Junho 18, 2007

Sem notas

Miguel Marujo

Não sou pela Ota, nem por Alcochete, nem por Rio Frio, nem pela Portela. Faltam-me estudos. Mas estranho a estranha unanimidade contra a Ota (durante anos, muitos que a contestam defenderam-na), estranho o estranho silêncio que se abateu sobre Rio Frio (afinal era tão bom e já não serve?), estranho a estranha unanimidade a favor de Alcochete (que interesses repentinos estão lá representados?) e estranho que nunca se estranhem os voos rasantes sobre a cidade por causa da Portela (alguém já viu a Torre Eiffel ou o Big Ben de tão perto como se vê a Torre de Belém?). Resumindo: faltam-me estudos, mas sobram-me questões. E ninguém parece interessado em responder.

Junho 18, 2007

Buenos dias, Lisboa

Miguel Marujo

Às 9h05, aterragem; 9h18, chega-se ao terminal, de autocarro; às 9h23, estão cumpridas as formalidades de identificação; às 9h43, está prevista a bagagem, anuncia o ecrã; a primeira mala sai às 10h05, uma hora depois. Barajas fica mais perto que a Portela.

Junho 11, 2007

Chouriços

Miguel Marujo

Encher chouriços dá nisto: a SIC Notícias passa um programa sobre cinema onde se publicita a programação dos canais Lusomundo, da TvCabo, que serão exibidos a... 10 de Junho.

Junho 09, 2007

Oxalá, ninguém se vá embora

Miguel Marujo



No Sushi Leblon (a diáspora a lembrar-nos o bom que temos, sempre), descubro um vídeo que acho que nunca tinha visto, apesar de gostar muito da canção: «Oxalá», dos Madredeus. Agora que está na moda não gostar da música deles, dizer que é sempre a mesma coisa, que a voz dela já não sei quê, recupero este tema, porque continuo a gostar muito. E a pensar que se todas as coisas fossem tão boas assim, continuassem a ser tão boas assim, este país era bem mais suportável. Oxalá.