Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Abril 11, 2007

Stand-up poverty

Miguel Marujo

src=https://farm4.static.flickr.com/177/453204497_5390843107.jpg?v="0"/ width="350" height="475">

Em Londres, esta é uma imagem comum: "pés de cartazes", parados um dia inteiro, ao sol e à chuva, a anunciar o bilhete mais barato, o fast-food escondido, a tatuagem atrevida ou a sandália brasileira. Em vez de pagar um espaço publicitário fixo, as empresas preferem esta solução (de que só tinha visto algo semelhante em Buenos Aires): o homem, são quase sempre homens, sai mais barato. [Foto MM, em Picadilly Circus, Março de 2007]

Abril 09, 2007

Passeio dos caídos

Miguel Marujo

Surpreendi-me este fim-de-semana em passeios por Aveiro. Há prédios novos que nascem como cogumelos à beira-ria, mas nas ruas do centro aumentam as casas vazias, abandonadas e devolutas que parecem esperar o camartelo para prédio novo que o velho não se quer preservar. É urgente criar um projecto como o de Lisboa Abandonada/Renovada para dar forma a uma devolução do centro aos habitantes da cidade e para que daqui a uns anos não se lamente o abandono desse espaço urbano. E apoiar com benefícios fiscais quem queira reconstruir/recuperar/ restaurar essas casas.

[Outro desmazelo: eram numerosos os mupis e cartazes espalhados pela cidade, quase todos ou todos mesmo de iniciativas da autarquia, que anunciavam eventos de... Março, e não me refiro à feira de Março, que vai até final de Abril. Com a cidade cheia de turistas nada como mostrar o que já se fez para esconder o que não se tem.]

Abril 09, 2007

threesmsing

Miguel Marujo

Ele dá-lhe um beijo afogueado, ela por cima do ombro responde a um sms. Ao lado, a amiga dos dois disfarça, quase sem olhar, mãos nervosas a teclar no telemóvel um "tirem-me daqui" ou um "beija-me também".

Abril 07, 2007

Cidade

Miguel Marujo

Saio. A noite de Aveiro vai fria, a solenidade da procissão que cruza a noite de sexta, casas abandonadas num roteiro de desmazelo e de uma cidade que não se cuida, reencontro com amigos acompanhado de vinho e palavras, um filme de paixão que violenta o corpo e o espírito. Sexta-feira, a antecipar a vida.

Abril 06, 2007

Publicidade

Miguel Marujo

A Câmara de Lisboa ordenou a retirada imediata do cartaz dos Gatos (hoje, às 9 da manhã já lá não morava). Diz que não tinha sido dada autorização, mas mesmo que a pedissem não podia ser dada. Segundo o Público, «o Marquês de Pombal é uma praça classificada pelo Ippar, o que significa que não é permitida a afixação de cartazes publicitários num perímetro de 50 metros. No caso do PNR, a colocação é legal, ao abrigo da lei da propaganda política».

Notável: os políticos encartados (no caso, o vereador António Prôa) adoram criticar o desinteresse dos cidadãos pela sua notável prática, mas quando os cidadãos intervêm cívica e politicamente, os seus actos são tomados como publicidade. Compreende-se: assim se publicita a má resposta política dos profissionais encartados.

Abril 06, 2007

Ubi caritas est

Miguel Marujo

um ano, na celebração de lava-pés, os ritmos eram outros, numa língua imperceptível em que o essencial era dado pela beleza das palavras e da música e do templo. Hoje, fim de tarde, o tempo da ceia foi noutros ritmos, numa cadência à volta da mesa, num templo cheio, a festa da primeira comunhão. Entre um e outro momento, entre o silêncio e a festa, o essencial é invisível aos olhos.

[A X., minutos depois do seu dia de anos]

Abril 05, 2007

Mais alguns

Miguel Marujo

«3070 milhões de telespectadores assistiram à transmissão do jogo Benfica x FC Porto. De acordo com um estudo da Marktest, a partida emitida pela Sport TV foi vista maioritariamente fora de casa, já que 2,5 milhões de telespectadores viram o jogo sem ser na primeira habitação.» Contaram com os 30/40 portugueses que estavam enfiados no Café Portugal em Londres?

Abril 04, 2007

Sem contradição

Miguel Marujo

Escreve a AFP citando um inquérito feito aos candidatos franceses sobre religião: «François Bayrou se définit comme un catholique pratiquant "et en même temps laïque".» Não há qualquer contradição, entre católico e laico (eu prefiro o termo secular), mas os franceses (e Mário Soares, por "oposição") acham que sim e, por isso, Bayrou tem de afirmar esta dupla condição que é óbvia.

Abril 04, 2007

Marquês

Miguel Marujo



Um início de noite com cores que rasgam o céu, indiferentes a um único cartaz que fez estremecer o país que esquece os migrantes (e-/i-) nos restantes 360 dias.

Abril 03, 2007

Uns são deputados, outros enteados

Miguel Marujo

Eu, desempregado, tenho hoje de me apresentar na junta de freguesia, para verem que estou cá, que não fugi para parte incerta, 15 dias depois de ter ido ao centro de emprego. Para evitar fraudes, dizem-me. Não me convenço, mas lá vou. Os senhores deputados defraudaram a função e os eleitores no ano passado faltando às votações da sessão de quinta-feira santa. Este ano, para evitar novas fraudes, o Governo alargou a tolerância de ponto a todo o dia de quinta.