Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Agosto 24, 2006

Os astros andam loucos

Miguel Marujo

1. O Governo britânico nomeou uma secretária de Estado para a boa forma, Caroline Flint [na foto, com Eriksson].
2. José Manuel Fernandes defende as fontes anónimas de Eduardo Cintra Torres, crítico de televisão, sobre más decisões editoriais da RTP no alinhamento de um único dia de Telejornal. O mesmo JMF não o fez, na devida altura com jornalistas do quadro do Público, como Ana Sá Lopes, Eunice Lourenço ou José Manuel Rocha.
3. Plutão foi despromovido. Deixou de ser planeta, segundo a União Astronómica Internacional. Será mais ou menos como a Praça Velasquez ou o Aeroporto de Pedras Rubras no Porto, o Areeiro e a estação de Sete Rios em Lisboa. Ninguém os chama pelos nomes certos e Plutão continuará a ser planeta.

Agosto 23, 2006

Chamem-lhe um cigarro

Miguel Marujo

Não sou fumador. Não gosto do tabaco em lugares fechados, como locais de trabalho ou de lazer. Mas o absurdo, a caricatura e o fanatismo de quem "limpa" o tabaco de filmes do Tom & Jerry obriga-me a concordar com Vasco M. Barreto [no post Ode pífia a André Malraux, de 13/8/06]: «Estes [...] episódios são péssimas notícias para a causa dos não-fumadores e dão aparentemente razão a quem vê numa ambição razoável - proibir o fumo em espaços públicos fechados - a ponta do iceberg de uma cruzada antitabagista que faz dos fumadores criaturas a exterminar.» Nestes tempos de extremismos apetece estender estes simples avisos a outras áreas: ser contra a guerra não é ser-se anti-semita, ser-se contra a política de Bush não é ser-se anti-americano. De facto, e cito Barreto de novo, «enquanto se perde tempo com estas diversões, fica por fazer o essencial».

Agosto 23, 2006

Chamem-lhe um figo

Miguel Marujo

Os habituais detectores de spin nunca pareceram muito incomodados pelo facto de Rui Ochôa, fotógrafo oficial de Cavaco Silva nas suas maiorias, e que volta a sê-lo em Belém, repórter principal do Expresso, assinar primeiras páginas neste semanário com fotografias campestres como a do passado sábado, acompanhado do texto bucólico-laudatório, que se reproduz. Os spins quando funcionam não são para todos os lados.

«Aníbal Cavaco Silva e a mulher, Maria, ontem à tarde, a apanhar figos na Horta das Benfarras, em Boliqueime. A pequena propriedade de três hectares era já propriedade do avô do Presidente da República Joaquim Martins Cavaco, e localiza-se entre a Estrada Nacional 125 e o golfe de Vilamoura. Agora que está de férias no Algarve, o chefe do Estado todos os dias se encontra com o seu pai, Teodoro Silva, de 94 anos. E é entre figueiras, laranjeiras, mangueiras, romãzeiras e alfarrobeiras (estas, na maioria, centenárias) que ambos passam algum tempo juntos.»

Agosto 23, 2006

Opiniões

Miguel Marujo

"Sou um democrata, respeito as opiniões." Não é preciso pensarmos em Pinochet ou Fidel, para no nosso quotidiano encontrarmos pequenos ditadorzinhos. A diferença é que estes só não torturam ou fuzilam.

Agosto 22, 2006

A memória elogiada

Miguel Marujo

É porventura um dos blogues mais bonitos [dos que conheço], tão desarmante na sua simplicidade, e certamente um dos mais bem escritos [dos que leio]. Regressado de férias, leia-se, de fio a pavio, de Nova Iorque a Lisboa, e com volta pelo Belize ou outra parte do mundo, A Memória Inventada de Vasco M. Barreto.