Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Agosto 28, 2006

Se fosse da vida que falássemos, NÃO seria assim

Miguel Marujo

«Com apenas uma célula removida, o embrião mantém a plenitude do seu potencial de desenvolvimento. Contudo, [notou monsenhor Elio Sgreccia, que preside à Academia Pontifícia para a Vida, do Vaticano], o novo método não tem em conta que mesmo aquela única célula removida pode teoricamente evoluir para um ser humano totalmente desenvolvido. «Se o resultado que aguardamos - ou seja, reproduzir apenas células embrionárias - é resultado de uma manipulação de um processo que, de outra forma, resultaria num embrião, a objecção ética mantém-se.»

O Vaticano continua a objectar o que não terá objecções: esta única célula pode salvar vidas. E é isso que importa, sempre. Aqui, no aborto, ou no caso Gisberta.

Agosto 26, 2006

Vade retro, satanás!

Miguel Marujo

Está lá tudo, na fotografia do Expresso: o presidente da CM de Setúbal a arrumar as coisas, posto na rua pelo PCP, não pelos eleitores. Duas cruzes, ao fundo na parede, denunciam-no: Carlos de Sousa é também católico. E ainda por cima desrespeita a liberdade religiosa e a não fixação de crucifixos em lugares seculares, não é camarada Jerónimo?!

Agosto 26, 2006

Help Me

Miguel Marujo

Lord, Help me walk
Another mile, just one more mile;
I'm tired of walkin' all alone.

Lord, Help me smile
Another smile, just one more smile;
You know I just can't make it on my own.

I never thought I needed help before;
I thought that I could get by - by myself.
Now I know I just can't take it any more.
With a humble heart, on bended knee,
I'm beggin' You, please, Help Me.

Come down from Your golden
And throne to me, to lowly me;
I need to feel the touch of Your tender hand.

Remove the chains of darkness
Let me see, Lord let me see;
Just where I fit into your master plan.

I never thought I needed help before;
I thought that I could get by - by myself.
Now I know I just can't take it any more.
With a humble heart, on bended knee,
I'm beggin' You, please, Help Me.

[Johnny Cash, fotografado por Martyn Atkins, canta "Help Me", de Larry Gatlin, em "American Recordings V"]

Agosto 26, 2006

Nossa Senhora da Agonia com barbas

Miguel Marujo

«[...] O que chega a dar um arrepio na espinha é a forma como Pacheco Pereira literalmente põe as suas esperanças em novo terror, muito terror, para que todos vejam como tem razão e se juntem a ele na ressaca de uma "catástrofe salvadora". Ter-se-á dado conta do que escreveu? Assim de memória, não me lembro de ver maior confissão de insegurança (e derrota) do que alguém depositar as suas "últimas reservas de optimismo" na esperança de que bin Laden lhe proporcione uma tragédia que lhe salve os argumentos.» [Rui Tavares]

Agosto 26, 2006

Autocarro 9, 19h32

Miguel Marujo

O beijo adolescente foi quebrado à porta do autocarro. Ela sentou-se à janela, mão no vidro, ele do lado de fora, também com a mão no vidro. A um sinal dele, cada um agarrou no telemóvel e conversou em tom de confidência os amores juvenis que o vidro separava. Quando o autocarro arrancou, o telemóvel deixou de fazer sentido: desligaram. Não havia como se olharem nos olhos.

Agosto 25, 2006

O professor

Miguel Marujo

«[...] o que motivou o professor de filosofia a mudar o seu nome foi o facto de já não existiam paredes suficientes, na sua casa que antes era orgulhosamente estéril e desprovida das coisas terrenas, para pendurar nem mais um termo de identidade e residência indevido, por processos que nunca lhe chegavam a manchar o cadastro, porque eram sempre arquivados pelo Ministério Público por falta de provas [...].» [de Dia]