Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Maio 04, 2006

O latino errante

Miguel Marujo

A miserável Bolívia caminha para a miséria, argumentam os detractores da direita. JMF viaja pelo essencial deste país encravado nos Andes: "Há quem [...] preveja que Evo Morales vai conduzir a Bolívia para o «inevitável desastre económico».
É claro que, até agora, a Bolívia constituía uma espécie de paraíso na terra: «Bolivia is one of the least developed countries in South America. Almost two-thirds of its people, many of whom are subsistence farmers, live in poverty." E acrescenta um argumento, que aflige a direita: tudo isto se faz com governos democráticos. E não com os fantoches que Washington plantou (nos anos 70 e 80) no que considerava o seu quintal.

Maio 04, 2006

Afirma Pereira

Miguel Marujo

O judeu errante partiu para terras de Budapeste. Dias depois de também ter andado por lá, descubro uma cumplicidade na experiência e na descoberta da terra, das gentes, da política e da língua. Mundo próximo, este.

Maio 03, 2006

Velhos hábitos

Miguel Marujo


A GNR apresentou - em frente ao Presidente da República e ao primeiro-ministro - o Grupo de Intervenção, Protecção e Socorro, nova força na área da protecção civil, hoje, durante as cerimónias do 95º aniversário da corporação, na Praça do Império. Ninguém terá dito a estes senhores que há outras maneiras de prestar juramento, ou coisa que o valha?

[foto INÁCIO ROSA/LUSA]

Maio 03, 2006

O mal maior

Miguel Marujo

"Nada mudou, pouco se fez e o discurso aparentemente revigorante dos bispos portugueses, com direito a manchetes e aberturas de telejornais, choca no óbvio: o bem acessório da declaração da semana passada esquece que o prazer para a Igreja-oficial-hierárquica continua a ser o mal maior. Ficamos mal." [na Terra, desta semana.]

Maio 02, 2006

Moralestas

Miguel Marujo

Evo Morales anunciou a nacionalização do gás e petróleo na Bolívia. Num país pobre, faz sentido que o Estado queira gerir os seus recursos, depauperados por empresas estrangeiras. Em Portugal, não faltarão os liberais do costume que se arrepiarão com a medida. Esquecem-se que são eles os primeiros a gritar aqui del rei com a alegada invasão espanhola na banca e serviços. No fundo, estes liberais portugueses são uns moralestas.

Maio 01, 2006

Mal menor

Miguel Marujo

Os bispos portugueses (e não a "Igreja" ou os "padres", como muitos escreveram) disseram que o preservativo "é um mal menor". Não é. É um bem acessório.

bem, do Lat. bene, s. m., utilidade; benefício; acessório, do Lat. accessoriu, adj., que anda anexo e acompanha o principal; secundário.

Maio 01, 2006

[pub]

Miguel Marujo



[recebi de um amigo do meio do Atlântico, esta proposta tentadora]

No arquipélago dos Açores, a meio da ilha de São Miguel, entre a cidade de Ponta Delgada (11 kms) e da Ribeira Grande (7 kms), com óptimos acessos e em plena reserva agrícola, numa antiga quinta de laranjas com 27 000m2, dispomos de dois apartamentos T1 completamente renovados, num estilo rústico moderno e confortável, que estão instalados na extremidade duma casa de arquitectura rural e agrícola.
Os apartamentos têm cerca de 50m2 e são compostos por 1 quarto de cama, uma sala, cozinha completamente equipada, casa de banho com banheira, e chuveiro. Dispõem ainda duma zona ajardinada ideal para um descanso ao fim do dia, ou um pequeno-almoço ao ar livre.
O quarto principal está habitualmente equipado com uma cama de casal e existem dois sofás-cama na sala. É possível alterar o tipo de camas, bem como instalar uma alcofa ou berço para bebés.
Temos todo o gosto em dar todo o apoio necessário antes e durante a estadia.

Contactos:
Nome: Paulo Decq e Inês Sá da Bandeira
E-mail: paulodecq@gmail.com
Ver também este site.

Pág. 8/8