Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Maio 19, 2006

O sexo e o tribunal

Miguel Marujo

«Age sem culpa a mulher que, ao regressar a casa, acompanhada de um casal e de um filho deste, por volta das 24 horas, três vezes por semana, após as cerimónias da sua religião, chamava ao marido "garoto", "bandido" e dizia-lhe "o que tu precisavas era de ser corno", respondendo-lhe, assim, às perguntas dele: "donde vens? quem foi o teu acompanhante?".»

Eis uma compilação de utilidade pública: o que se escreve nos tribunais sobre sexo.

Maio 17, 2006

Opus cut

Miguel Marujo

Amanhã estreia Código Da Vinci, ontem apupado em Cannes. O Opus Dei já anda a fazer propaganda ao filme, invectivando o filme e (certamente) quem o ver e gostar, em nome dos "cristãos". Eu não li o livro, não sei se verei o filme. Não é por nada, mas também não me lembro de ter passado procuração ao Opus Dei para falar em meu nome (assim como a Obra não gostará que eu fale em nome deles em matéria de sexualidade). Adiante.

O meu ponto aqui é outro. Enquanto os senhores da Obra andam preocupados com este filme, deviam antes aplaudir, publicitar e propagandear "Mary" de Abel Ferrara. Ainda não vi, mas só pelo que a Rita conta (aqui e aqui) tenho a certeza que valerá a pena ser visto por todos os "cristãos". Mas isto se calhar não interessa à Obra.