Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Fevereiro 03, 2006

O Pôncio Monteiro da literatura*

Miguel Marujo

Um rapaz vai coleccionando frases soltas de textos de imprensa ou excertos longos de livros para fazer a leitura, mesmo que parcial, de uma certa realidade. Há sempre uns que dão nas vistas assim. Têm alma de Pôncio Monteiro que, a propósito do penalty que beneficiou nessa semana o FCP, é capaz de atirar para cima da mesa a relíquia de A Bola de 1963, em que o árbitro fez vista grossa ao golo irregular do Benfica. E com o aplauso do papa, claro, para a análise arguta ecoar mais.

[* - a propósito de uma polémica sobre crítica literária e amiguismo e jornalismo, que pode ser lida em muitos sítios, a começar aqui...]

Fevereiro 03, 2006

[anúncio, talvez a propósito do que se publicou antes]

Miguel Marujo

[de um e-mail] «Retomamos as Tertúlias em Sta.Isabel [Lisboa] na próxima 2ª feira - 6 de Fevereiro - às 21,30 h com o tema "Motivações para Crer". A entrada faz-se pela porta que está ao nosso lado direito quando estamos de frente para a fachada principal.
A ideia é reflectir mais sobre os motivos da descrença (cíclica, episódica, crónica ou aguda, grave ou leve) com que todos nos deparamos e procurar encontrar as pistas que nos podem ajudar.
S. Tomé pediu para ver. Viu e acreditou. Costuma dizer-se que, apesar desta dúvida, foi santo. Talvez a dúvida faça parte da santidade, pois sem ela não seria pueril tanta da nossa fé.»