Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Janeiro 02, 2006

O Público vendeu espaço editorial

Miguel Marujo

Na edição de hoje, o Público publica na pág. 29 (Desporto) uma crónica do piloto de ralis Carlos Sousa sobre o Lisboa-Dakar: «Situações extremas» é o nome da crónica. As letras aparecem com um fundo laranja e o nome do piloto é enquadrado por uma barra também laranja. O boné e fato do corredor não deixam margens para dúvidas de quem paga o texto: a Galpenergia.
Na pág. 30, novo exemplo, ainda mais escandaloso: a crónica de Margarida Pinto Correia, também sobre o rali, «O outro lado do Dakar» é enquadrado com publicidade em cima e em baixo. Em letras pequenas, informa-se que MPC «acompanha o rali a convite da Precision».

[a propósito: houve um debate na blogosfera, que começou com a capa do Público com o King Kong. Eu, que defendo esta opção, como aliás a "pratiquei" no METRO (documento em pdf), não posso deixar de criticar a forma como se apresentam as duas crónicas. Afinal, os gratuitos não se "vendem", como muitos prognosticaram, e os jornais de referência já há muito seguem lógicas que gostam de criticar nos "outros".]


[imagem via Indústrias Culturais]