Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Dezembro 11, 2005

Benfica, 2 - Cavaco, 0

Miguel Marujo

1. O Benfica ganhou - e nem um e-mail ou SMS recebi de parabéns dos meus amigos sportinguistas e portistas, sempre tão lestos noutras horas.
2. Os sportinguistas e portistas gostam do Cristiano Ronaldo.
3. Não vi os dois debates deste fim-de-semana longo. Parece que continuam a ser posts com direito a réplica nos comentários.
4. À direita, Cavaco foi melhor. À esquerda, Louçã. Ao centro, os moderadores, claro.
5. Há uma pequena parte da geração de 70 que escreve no DN. Lá, Pedro Lomba faz campanha por Cavaco, sem nunca denunciar interesses em causa própria. Maneiras de estar. (Também no Público, Pacheco nunca é apresentado como «historiador/apoiante de Cavaco» ao contrário do simulacro intelectual que é Eduardo Prado Coelho, professor universitário e membro da comissão de Alegre).

Dezembro 10, 2005

[nota]

Miguel Marujo

Agradeço mézinhas e melhoras. Mas o pior já lá vai. Agora só quantidades inenarráveis de «muco mais ou menos viscoso segregado pelas fossas nasais». A ausência deve-se a causas bem mais amenas. Dois dias de descanso num Alentejo soalheiro e outonal. O blogue segue dentro de momentos. Como o país.

Dezembro 06, 2005

Hipocrisias

Miguel Marujo

Ao ouvir Cavaco falar que se preocupa com o desemprego e a pobreza, é impossível não recordarmos o fosso que cresceu sob o seu mandato entre ricos e pobres e o emprego precário e o desemprego, depois dos anos dourados dos fundos comunitários.

Dezembro 05, 2005

Lisboa perde

Miguel Marujo

align=justify>Carrilho ao que parece perde protagonismo na Câmara de Lisboa. Mal ou bem, quem votou nele, votou em Carrilho para a Câmara. Não me lembro na campanha de nenhum Dias Baptista, que agora assume as dores de quem quer que seja, sem que os votantes socialistas sejam tidos e achados (insisto). O PS de Lisboa tem tendência para a autofagia, como se vê, e como se viu antes.

A outra derrota maior de Lisboa? Independentemente de Carrilho (ou malgré lui...), termos perdido uma grande primeira-dama. Insisto, eu sei.

Dezembro 02, 2005

Corpos de delito

Miguel Marujo

Falar do corpo sem tabus ou escolhos. Ter prazer, nisso. E falar do prazer. Os católicos também o fazem. Mas há uma semana, o Mil Folhas do Público só conseguia dizer que um grupo de estudantes dos ensinos secundário e superior o fazia, omitindo que era o MCE, Movimento Católico de Estudantes, que o promove numa revista, publicação oficial do movimento. Fosse um qualquer grupo obscuro católico a dizer que o corpo é pecado e o adjectivo estaria lá para não se ter dúvidas.

Dezembro 01, 2005

Download (o capitalismo)

Miguel Marujo

Nos EUA, comprei o primeiro EP dos Arcade Fire por sete dólares (menos de seis euros). Na FNAC, há dias, vendia-se por 15,95. É por estas e por outras que ando sempre desfasado no que se ouve cá por casa. Dessa visita à loja do Chiado trouxe o «16 Lovers Lane» (1988) dos Go-Betweens, o «Hips and Makers» (1994) da Kristin Hersh e o «Macaréu» (2002) dos Gaiteiros de Lisboa. Total: um pouco menos de 25 euros, por três discos.