Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


descredibilizar a blogosfera

por Miguel Marujo, em 24.11.05
«O que dizer de um blogue que coloca um pedido de esclarecimento ao governo, convida toda a blogosfera a colocar a mesma questão, e que quando o governo responde, escreve:

"ver o Primeiro-ministro a responder aos blogues da micro-causa" (ah ah o parvalhãozeco que caíu no engodo de andar atrás do meu micro-rebanho)

"Ele fá-lo por arrogância, convencido que ganha uns pontinhos, mas está muito enganado." (ele está muito enganado, o arrogante)

O que não se encontra entre aspas e em itálico é, embora não pareça, da minha autoria.» [timshel]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cartas ao Pai Natal[de um e-mail]

por Miguel Marujo, em 24.11.05
Cartas ao Pai Natal I - Mário Soares

Pai Natal
Acordei agora da sesta. Tive um sonho original.
Conversei com a Maria
E achamos que não é sonho
Mas uma ideia genial!
Já fui ministro, primeiro-ministro
E duas vezes presidente deste país
Está na hora de mudar de ares
Aceitar novos desafios
Levar mais longe o nome de Portugal
Ou o meu nome? Como sempre quis.
Como tu tenho já uma certa idade
E no ventre a mesma proeminência
Decidi que para o ano quero ser o Pai Natal.
Portanto?
Olha pá faz as malas. Desocupa a Lapónia.
Vou ser eu o Pai Natal.
Tem lá paciência.

Assinado: Mário Soares
(Ex-deputado. Ex-Primeiro Ministro. Ex-Presidente da República. Ex-Deputado europeu. Futuro Pai Natal)


Cartas ao Pai Natal II - Manuel Alegre
Pai natal quando voares nos céus da minha Pátria
Quando aterrares as renas nas planícies do meu País
Lembra-te desta carta, pedido singelo
De um homem que só para a Pátria pede
Para si? Nada quis.
Se o nevoeiro que levou D. Sebastião
Te fizer perder o rumo e baralhar o norte
Segue o cheiro a verde pinho
Ouve a minha trova no vento que passa
E chegarás às chaminés do meu país
Pátria desafortunada. Sem euros. Má sorte.
Numa das chaminés de Lisboa
Sentirás o odor e verás o fumo negro da traição
Que o teu trenó sobre ela paire
Que sobre a chaminé de Soares a tua rena páre
E solte bosta. Um imponente cagalhão.

Assinado: Manuel Alegre


Cartas ao Pai Natal III - Francisco Louçã
Isto não é uma carta!
É um manifesto. Um protesto. Uma petição
Assinada por dezenas de intelectuais
E outras pessoas que jamais
Se reviram numa festa
Bacanal
Orgia de oferendas
Dadas sem qualquer critério
E que perpetuam uma tradição
Caduca. Reaccionária. Clerical.
Que tu representas oh pai do natal.
Com esta petição pretendemos
Que a data seja referendada
Não imposta, decretada
Por um estado economicista e liberal
E que seja celebrada quando um homem quiser
Não à roda da mesa. Consoada.
Mas num portuguesíssimo arraial.

Assina: Francisco Louçã


Cartas ao Pai Natal IV - Aníbal Cavaco Silva
Excelentíssimo Senhor Doutor Pai Natal
Venho por esta via pedir para a minha Maria
O Kama Sutra, versão condensada
Não sei se a minha Maria teria
Para a versão completa e ilustrada
Suficiente pedalada.
Eu para mim
Por ora nada peço
E de momento nada digo
Não abdico do meu direito de manter o suspense
E de fazer tabu do meu posterior pedido.
Mas?. E só isto adianto
Não preciso de Viagra
Para acompanhar a minha Maria na leitura
Do acima citado livro
Que teso e hirto ando eu sempre
Não precisando por isso de muleta
Ou qualquer outro suplemento
Para manter a rigidez
E o meu porte sobranceiro.
Despeço-me atentamente economizando palavras
Porque como vossa Excelência sabe:
Os tempos são de crise e tempo é dinheiro.

Assina o Professor Doutor:
Cavaco Silva


Cartas ao Pai Natal V - Jerónimo de Sousa

Camarada

Tu que és explorado pela entidade patronal
Durante a época do Natal
Usado como símbolo do capitalismo
Para fomentar o consumismo
Desenfreado, descontrolado
Que enriquece a burguesia
E empobrece o proletariado
Junta-te a nós no combate
Contra a guerra no Iraque
Oferece Che Guevaras, não ofereças Action Man's
Luta pela igualdade feminina
Não dês Barbies mas Matrioshkas
Educa as crianças de hoje
Comunistas amanhã
Substitui o Harry Potter pelo livro "O Capital".
Camarada
Reivindica o teu direito a um transporte decente
Pára o trenó e as renas
Que não é veículo de gente operária e trabalhadora
Como tu oh pai natal!
Unidos venceremos o imperialismo e os reaccionários
Viva o Natal dos oprimidos!
Viva o Natal dos operários!

Assinado pelo candidato: Jerónimo de Sousa
(Carta aprovada por unanimidade e braço no ar pelo Comité Central do PCP)

Autoria e outros dados (tags, etc)

A lógica que nos mantém cativos

por Miguel Marujo, em 23.11.05
No sítio do costume.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexo fora nada

por Miguel Marujo, em 23.11.05
Gays fora dos seminários, dizem hoje as notícias. O Vaticano que me corrija: mas os heterossexuais também não estão fora dos seminários? Afinal, o sexo não é para ficar de fora da vida dos padres?!

Autoria e outros dados (tags, etc)

[Portugal não é assim tão mau]

por Miguel Marujo, em 22.11.05
Basta ver aqui [via Trivial].

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rogai por nós

por Miguel Marujo, em 22.11.05
Denise Richards será a mais hottest das mães à face da terra, segundo a revista In Touch. A fleuma britânica tropeça nestas palavras e toca logo de alinhar 34 mamãs para contentamento de muitos petizes.

[daria um belo post para o dia 8 de Dezembro, dito da imaculada conceição...]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Morreu o Peter*

por Miguel Marujo, em 22.11.05
Nunca o conheci, conheci a sua casa. Bastou-me. Hoje, em navegação tardia, descubro a notícia da morte (já no dia 19) e a dedicatória breve da Ana. Saudades de voltar aquele porto...

[foto MM, Agosto/02]


* - José Azevedo, do Peter Cafe Sport, na Horta. Conhecido pelo gin, porto de abrigo de marinheiros e marujos de férias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

As certezas de Bush

por Miguel Marujo, em 22.11.05
George W. Bush não era o governador do Texas, ao tempo da execução de Ruben Cantu (para que conste: era uma democrata, mas na pena de morte os "azuis" temem ir contra a maioria americana das sondagens que é a favor da pena máxima). Para que chamo, então, Bush ao caso? Porque foi o governador que mais matou no exercício do cargo, na história recente americana: 152 pessoas condenadas foram executadas em seis anos (1994-2000).

Nestes casos todos, o actual presidente americano só teve certezas: «Bush has said: "I take every death penalty case seriously and review each case carefully.... Each case is major because each case is life or death." In his autobiography, A Charge to Keep (1999), he wrote, "For every death penalty case, [legal counsel] brief[s] me thoroughly, reviews the arguments made by the prosecution and the defense, raises any doubts or problems or questions." Bush called this a "fail-safe" method for ensuring "due process" and certainty of guilt.» [in NY Review of Books]

Confrontando o que ele diz com análises detalhadas às suas condenações, eis o resultado do seu método "seriously" e "carefully": «[...] The Chicago Tribune published a compelling report on an investigation of all 131 death cases in Governor Bush's time. It made chilling reading.
In one-third of those cases, the report showed, the lawyer who represented the death penalty defendant at trial or on appeal had been or was later disbarred or otherwise sanctioned. In 40 cases the lawyers presented no evidence at all or only one witness at the sentencing phase of the trial.
In 29 cases, the prosecution used testimony from a psychiatrist who - based on a hypothetical question about the defendant's past - predicted he would commit future violence. Most of those psychiatrists testified without having examined the defendant: a practice condemned professionally as unethical.
Other witnesses included one who was temporarily released from a psychiatric ward to testify, a pathologist who had admitted faking autopsies and a judge who had been reprimanded for lying about his credentials.
Asked about the Tribune study, Governor Bush said, "We've adequately answered innocence or guilt" in every case. The defendants, he said, "had full access to a fair trial."» [in commondreams.org]

O homem das certezas mergulhou o mundo numa guerra suja. Como já antes tinha mergulhado o seu governo no Texas na velha máxima de "olho por olho, dente por dente", sem qualquer compaixão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Só mais este detalhe

por Miguel Marujo, em 21.11.05
«Ruben Cantu was charged with capital murder at age 17. He was 26 when he was executed. He had long professed his innocence.»

Autoria e outros dados (tags, etc)

Porque sou (sempre) contra a pena de morte

por Miguel Marujo, em 21.11.05
«Executed man may have been innocent. Doubts are being cast on the guilt of a Texas man executed more than a dozen years ago after the crime's lone witness recanted and a co-defendant said he allowed his friend to be falsely accused under police pressure, the Houston Chronicle reported Sunday.» [in CNN, via Mar Salgado]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cativar

por Miguel Marujo, em 21.11.05
"Tolerância é a capacidade de aceitar o diferente. Não confundir com o divergente. Intolerância é não suportar a pluralidade de opiniões e posições, crenças e ideias, como se a verdade fizesse morada em mim e todos devessem buscar a luz sob o meu tecto." Uma outra proposta de cativar o Outro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Simulacro de um intelectual

por Miguel Marujo, em 20.11.05

[via Ivan Nunes, A Praia]

Autoria e outros dados (tags, etc)

[piada por e-mail]

por Miguel Marujo, em 20.11.05
Atento às prevenções recomendadas para minimizar o risco da pandemia da gripe das aves, o Papa considera a hipótese de cancelar a Missa do Galo deste ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Low cost

por Miguel Marujo, em 20.11.05
Peço desculpa pelo eventual preconceito, mas as hospedeiras sempre me pareceram empregadas de hotelaria mais sofisticadas. As das companhias aéreas de baixo custo, onde tudo se paga, mais reforçam a imagem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Do ar

por Miguel Marujo, em 20.11.05
Paris brilha, à noite. E distingue-se uma pequena torre que se ergue para o céu onde voamos. Não há sinal de tumultos - nem de carros a arder. Há políticos que devem viver muito tempo no ar.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES