Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Setembro 30, 2005

Há palavras que nos beijam

Miguel Marujo

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

[à M., nos seus 29 assombrosos anos
com Alexandre O'Neill]

Setembro 28, 2005

É p'ra já!

Miguel Marujo



align=justify>«A importância do clitóris é algo subjectiva. Tem uma função essencial no prazer sexual mas, para além disso, a sua mutilação não afecta nenhuma função vital [nomeadamente] a função reprodutiva.» Esta é uma das pérolas parlamentares de um senhor que já foi deputado do CDS que agora se candidata à Câmara Municipal de Vale de Cambra.

Sem acesso ao seu outdoor de campanha na net (ó Rui, fotografa lá isso!), imaginem a figura aqui posta olhando para o infinito, sobre um fundo azul-céu e umas nuvens... A frase, o slogan, a grande ideia de campanha? "Miguel Paiva, é p'ra já!"

Setembro 26, 2005

Tão amigos que eles eram

Miguel Marujo

"O programa mais perigoso do ponto de vista político é o do professor Carmona Rodrigues. É um programa que diz que é tudo mau, que é tudo para fazer de novo, apesar de ele (Carmona) ter sido vice-presidente e ser agora presidente" da autarquia, afirmou Maria José Nogueira Pinto numa acção de pré-campanha no Chiado. [da Lusa]

Setembro 26, 2005

Quem desdenha...

Miguel Marujo

O director do Público dizia há pouco tempo, num trabalho sobre os jornais gratuitos nas páginas do seu diário, que os gratuitos são uma compilação de breves notícias de agências noticiosas. Deve ser por isso que o Público diz hoje na sua primeira página que o novo carro da Volkswagen não será produzido em Palmela, citando a imprensa germânica de fim-de-semana, notícia que o Metro (um dos tais gratuitos) deu há uma semana, citando fontes da empresa.

Pág. 1/6