Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Abril 28, 2005

Calão

Miguel Marujo

Levar uma ganda teca. Que é como quem diz "tareia". Está-se sempre a aprender. E não estou a falar do Sporting.

Abril 28, 2005

Mais uma razão para não gostar de gravatas

Miguel Marujo

O primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumi, quer combater o aquecimento global através da abolição do uso da gravata durante o Verão. O político quer com esta medida diminuir a utilização de aparelhos de ar condicionado, ou outros aparelhos de refrigeração, nocivos para o ambiente, nos escritórios do país, durante o período de 1 de Junho até 30 de Setembro. “Desde que não se ofenda as pessoas, qualquer coisa fica bem”, afirmou Koizumi, famoso por comparecer em encontros de Estado sem gravata. “Não tem de ser uma ‘t-shirt’ qualquer. Pode ser uma camisa do tipo que se usa com gravatas”, afirmou ainda o dirigente nipónico.

Abril 27, 2005

Fazemos lá falta!

Miguel Marujo

A Revista Brotéria vai organizar, em Lisboa, no Auditório do Colégio de S. João de Brito, um colóquio de um dia, aberto ao público em geral, sob o tema: "Fé e Política: A Religião na Sociedade Democrática". No sábado, dia 30 de Abril.
Na parte da manhã, o tópico será "Há lugar para a religião na vida pública?", debatido por Vital Moreira e Francisco Sarsfield Cabral.
Durante a tarde, católicos de vários quadrantes vão debater o tema: "Ser católico na vida pública".
A entrada é livre.

Abril 27, 2005

Tanto a dizer...

Miguel Marujo

... e pouco tempo para escrever. Por isso, vamos preferindo repousar o nosso olhar. E à falta de outras possibilidades (que las hay, las hay) insistimos com a Scarlett. Manias muito pessoais.

Abril 27, 2005

Um ano a lavrar a Terra

Miguel Marujo

Hoje, dia 27, fala-se de aniversários na Terra da Alegria. Porque a 28 de Abril de 2004 saía a primeira edição semanal da Terra da Alegria, um blogue provocadoramente católico - sobretudo para católicos instalados, atrevo-me a dizer. Um ano depois a TdA (como a tratamos na pressa de e-mails) continua a lavra sempre difícil de ser Igreja também nesta Igreja. Hoje, fala-se do Espírito Santo - e da culpa dele (em textos diferentes), mas também do Livro da Selva. E fica esta frase: "A ditadura do fundamentalismo é tão perigosa como a ditadura do relativismo". Posso ser provocante? O sopro também sopra neste conclave.

Abril 26, 2005

Correios mas pouco

Miguel Marujo

Os Correios vendem de tudo: Maltesers e M&M's. Mas enviar uma encomenda para Aveiro em express mail, depois das 11 da manhã, numa estação do centro de Lisboa, é quase impossível. Hoje valeu-me a solicitude do funcionário. Mas se tivesse chegado às 11h30 bem que podia pedir um Twix para compensar a espera.