Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Fevereiro 02, 2005

P(ost) S(criptum)

Miguel Marujo

"Num momento em que certas forças políticas que se definem como sendo de direita se reclamam dos "valores morais" (e vão acentuar essa tónica até às eleições) como se detivessem a sua propriedade exclusiva, gostaria de sublinhar que os valores morais não são património de ninguém. E se os valores morais deveriam estar mais associados a certas correntes ideológicas que a outras é certamente à esquerda que eles deveriam estar mais associados. Com efeito, do mandamento do amor e do dogma cristão de que todos os homens são irmãos decorre necessariamente que o combate às desigualdades sociais é um dos valores morais supremos. Ora se existe alguém amoral e sem valores a este respeito é precisamente a direita pois a sua principal característica ideológica é a indiferença (pelo menos) relativamente às desigualdades sociais. Pena é que a esquerda não compreenda que a defesa dos valores morais em toda a sua plenitude e coerência é, precisamente, a sua mais importante bandeira." A campanha tem mais nível aqui.

Fevereiro 01, 2005

Dois dias depois, outras memórias

Miguel Marujo

Bloody Sunday

src=http://www.mundo.iol.pt/mmarujo/media.imprensa/imagens/Bloody_Sunday_victimas.jpg>


Yes...


I can’t believe the news today

Oh, I can’t close my eyes and make it go away

How long...

How long must we sing this song?

How long? how long...


’cause tonight...we can be as one

Tonight...


Broken bottles under children’s feet

Bodies strewn across the dead end street

But I won’t heed the battle call

It puts my back up

Puts my back up against the wall


Sunday, bloody sunday

Sunday, bloody sunday

Sunday, bloody sunday (sunday bloody sunday...)

(allright lets go!)


And the battle’s just begun

There’s many lost, but tell me who has won

The trench is dug within our hearts

And mothers, children, brothers, sisters torn apart


Sunday, bloody sunday

Sunday, bloody sunday


How long...

How long must we sing this song?

How long? how long...


’cause tonight...we can be as one

Tonight...

Tonight...


Sunday, bloody sunday (tonight)

Tonight

Sunday, bloody sunday (tonight)

(come get some!)


Wipe the tears from your eyes

Wipe your tears away

Wipe your tears away

I wipe your tears away

(sunday, bloody sunday)

I wipe your blood shot eyes

(sunday, bloody sunday)


Sunday, bloody sunday (sunday, bloody sunday)

Sunday, bloody sunday (sunday, bloody sunday)

(here I come!)


And it’s true we are immune

When fact is fiction and tv reality

And today the millions cry

We eat and drink while tomorrow they die


The real battle yet begun (sunday, bloody sunday)

To claim the victory jesus won (sunday, bloody sunday)

On...


Sunday bloody sunday

Sunday bloody sunday...

(U2, Sunday Bloody Sunday)


A 30 de Janeiro de 1972. Foi assim.

Fevereiro 01, 2005

A falsa assinatura de um cartaz

Miguel Marujo

Já se sabe: de Sócrates não saberemos quem é, diz-nos a JSD, no seu cartaz-canalha espalhado pela cidade. Depois, vem a resposta: "Este sim, sabe quem é". E no segundo cartaz, a acompanhar Santana, a assinatura é outra: PSD. Daqui se depreende: o primeiro cartaz também é do PSD. Mas o "pai" não teve coragem de assumir a "boca" e mandou o filho (supostamente) rebelde atirar-se... É para isto que serve a Jota, Esse, Dê.

Pág. 10/10