Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


(salmo)

por Miguel Marujo, em 24.07.04
«Muito boa, a ideia de descentralizar, levando vários ministérios para fora de Lisboa. Santana sabe, melhor que ninguém, que esta cidade está simplesmente inabitável.» [RAP, Gato Fedorento]

Autoria e outros dados (tags, etc)

(segunda leitura)

por Miguel Marujo, em 24.07.04
Este Governo entusiasma-se e incentiva-nos. Só não nos alegra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

(primeira leitura)

por Miguel Marujo, em 24.07.04
Não parto. Não me calo. Mas, a cada dia que passa, apetece mudar de vida. Mudar a vida. Ou, nas palavras certeiras de MST: «Imagens dispersas, notícias que não sei se dão vontade de rir ou de lamentar, reflexões que ora apontam para a revolta instintiva ora para a desistência. Não sei como é que os outros se sentem - a maioria das reacções de que me apercebo são um encolher de ombros de quem já se conformou a esperar sucessivamente o pior. Mas eu acho que pior não é possível. Não é possível que alguma vez tenha acontecido ou venha a acontecer tamanho triunfo da mediocridade, como o desta democracia cozinhada entre Santana e Barroso. Como é que foi possível?». Continuaremos aqui. Para tornar impossível.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sabor a sal

por Miguel Marujo, em 24.07.04
É um dos sítios mais belos e serenos da blogosfera. Um equívoco ao início levou-me a classificá-lo como «blogue amigo». Mas acabei por "acertar": é uma magnífica companhia diária, como são os amigos. Há um ano que é assim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

«É doloroso o mundo dos homens»

por Miguel Marujo, em 24.07.04

Autoria e outros dados (tags, etc)

O mestre da guitarra «com gente dentro»

por Miguel Marujo, em 23.07.04
Carlos Paredes, a quem Amália uma vez qualificou como «um monumento nacional, como o Jerónimos», morreu esta sexta-feira, aos 79 anos.



Sobre o guitarrista, Maria João Seixas escreve na apresentação de «Uma Guitarra com Gente Dentro»: «Quando o via tocar, o corpo longo e a cabeça e os braços debruçados em curva matricial sobre a guitarra, donde nasciam os mais desvairados, comoventes e imponderáveis sons, pensei que o útero materno de Carlos Paredes tinha a forma da sua guitarra e era a ele que queria sofridamente regressar, era para ele que as composições jorravam e era nele que encontrava o "pathos" com que dedilhava as cordas. Sublimemente!»



Paredes começou a tocar guitarra aos quatro anos e desde então nunca parou até que em 1993 a doença o afastou do seu instrumento. «Quando eu morrer, morre a guitarra também», disse o músico há alguns anos ao jornal Público.



Em «Canções Para Titi» (2000), fisicamente debilitado e com plena consciência das limitações que isso acarretava ao domínio técnico absoluto que sempre caracterizara a sua relação com a guitarra, o músico não conseguiu terminar o álbum. Mesmo assim, nos temas que gravou, o guitarrista e compositor multiplicou à exaustão os registos de cada obra, repetindo-as sucessiva e totalmente sempre que, numa luta constante com as limitações físicas que a doença lhe impunha, se sentia insatisfeito com a interpretação.



«Ouvir hoje a sucessão completa destes registos é uma experiência emocional tremenda. Sentimo-nos testemunhas directas de um combate feroz e desesperado de um grande criador com o seu próprio corpo», sublinhou o musicólogo Rui Vieira Nery.



«Uma Guitarra com Gente Dentro» e «Canções para Titi» foram, pois, os derradeiros testemunhos de uma obra notável, feita de canções com afectos dentro.



[a partir de um texto próprio, no PD]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Guitarra com afectos dentro

por Miguel Marujo, em 23.07.04

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Mr. Nobody" chegou atrasado

por Miguel Marujo, em 22.07.04
Borrell queria anunciar o resultado da eleição do novo presidente da Comissão Europeia. «Señor Barroso no está aqui?», perguntou o incrédulo presidente do Parlamento Europeu... Não, não estava. É mais um pequeno sinal desta Europa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Entrar à defesa, sair pelo espectáculo

por Miguel Marujo, em 22.07.04


Já aqui falámos do improviso que é arte e cultura do primeiro-ministro do novo Governo. O episódio da «namorada de Piet-Hein» é a pedra de toque deste Governo. Teremos dois anos pela frente de política do cartaz. E nem é novidade o que aqui digo...

Autoria e outros dados (tags, etc)

«Mr. Nobody»

por Miguel Marujo, em 21.07.04
Já aqui falámos do homem do catering. O Financial Times explica melhor. [via Barnabé]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Laudes

por Miguel Marujo, em 21.07.04
Pecadores num T1? Um inferno! Que nos pode fazer arrepender amargamente por também não recordarmos a Operação Valquíria. De que falamos? Da pandilha de sempre!

Autoria e outros dados (tags, etc)

O médico de parabéns

por Miguel Marujo, em 20.07.04
Não fosse a médica lá de casa e este seria o único médico que eu acompanharia quase diariamente. Não é hipocondria, é interesse por quem explica a medicina tão bem a intelectuais... Faz hoje um ano. A prescrever bons "posts". Logo hoje que nos tínhamos dedicado à Saúde.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O engano das horas

por Miguel Marujo, em 20.07.04
São 16:26. Não sei que hora o "blogger" vai atribuir a este post. Mas o anterior texto, que saiu por volta das 16:00, aparece com a indicação de 14:36... O "blogger" é um gajo estranho.

Actualizado: só para me lixar, a hora saiu certa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um veto que se espera

por Miguel Marujo, em 20.07.04
Os médicos internos - em fase de formação geral e especializada - asseguram o real funcionamento dos hospitais portugueses, SA e não-SA. Mas o senhor ministro quer acabar com uma carreira médica que faz funcionar o Serviço Nacional de Saúde. Assim, serão destruídos anos de um funcionamento (apesar de todos problemas) menos mau dos hospitais.

Sou casado com uma médica, e sei o que lhe custa trabalhar 42 horas por semana mais 12 horas extraordinárias, impostas pela administração porque sem esses médicos - sem as suas horas extraordinárias - não haveria urgências a funcionar naquele hospital SA.

E faz 24 horas seguidas na urgência do hospital, onde se leva um miúdo com uma afta às duas da manhã ou uma criança com febre há uma hora (não são situações de urgência). E, depois daquelas 24 horas, vai ainda à enfermaria, trabalhar mais 4/5 horas, o que é ilegal, mas é necessário para manter o funcionamento das enfermarias dos hospitais...

São estes médicos que o Governo, com nova legislação, ataca, obrigando-os a mais trabalho e pior remunerado. De Sampaio espera-se o veto. A sério, senhor Presidente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alista-te...

por Miguel Marujo, em 19.07.04
Sempre desconfiei do serviço militar. Sempre me recusei a servir um instrumento de guerra e uma máquina de fazer guerreiros. Habituado à incipiente comunicação das forças armadas portuguesas - do "jovem se tens 18 anos e a quarta classe" à nova e pomposa «loja da profissionalização» (não minto, é ali ao Largo do Rato, em Lisboa) -, assusto-me perante a habilidade propagandística dos americanos. Um pequeno "spot" mostra-nos locais de trabalho vazios. E as frases sucedem-se no ecrã: "Marc foi combater o terrorismo", "Ed está a estudar doenças tropicais na Guatemala", "Scott foi capturar Osama bin Laden"... Não sei o que me espanta mais: se a ingenuidade de quem saiu para ir comprar um maço de cigarros e aproveitou para dar um pulo ao Iraque, se a manipulação de quem vendeu uma mentira e agora apresenta esse modo de vida como casual day...



Nota final: Talvez os entusiastas portugueses da guerra possam aproveitar o link, que ali deixo em cima...

Autoria e outros dados (tags, etc)





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES