Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Maio 31, 2004

Justiças (ou «pôr a leitura de blogues em dia» - II)

Miguel Marujo

Evito falar quase sempre da Casa Pia. E revejo-me muitas vezes naquilo que se diz nas Terras do Nunca. Como hoje, uma vez mais: «Mais segura é a justiça que se faz fora dos tribunais - que é célere, não admite recursos, não prevê indemnizações. Essa condena para toda a vida, sem ouvir as partes. Dessa justiça ninguém está livre.» Breve e certeira leitura.

Maio 31, 2004

Em louvor das mulheres maduras*

Miguel Marujo

mcgillis-v87.jpg

Volta e meia, é isto: "posta-se" a imagem de uma mulher, eventualmente bonita, segundo critérios estritamente pessoais. E de seguida falam os amigos: «Preferia antes fulana ou sicrana», «gosto mais de outra foto dela», «ai um blogue é para isto». Um sem fim de comentários... Hoje, imagino o mesmo com esta foto da já entradota Kelly McGillis (A Testemunha ou Top Gun, quem não se lembra?). A explicação é simples: ao ler o livro com o título deste post dei por mim a ouvir numa rádio de nostalgias a canção de Top Gun, o inenarrável Take My Breath Away, na versão dos Berlin. Coisas que as férias fazem aos neurónios.

* - Em Louvor das Mulheres Maduras, de Stephen Vizinczey, ed. Cotovia, 2003. foto de Jeff Dunas, 1999.

Maio 31, 2004

Relativismos morais (ou «pôr a leitura de blogues em dia» - I)

Miguel Marujo

Li no Barnabé, um comentário do Daniel, a defender a colocação de uma foto do Papa com Pinochet, num "post" seu, agora que o execrável ditador chileno perdeu a imunidade: «Que os ditadores não são uma catástrofe que cai do céu. Há sempre quem lhes dê uma mão. Por vezes, os mesmos que hoje se horrorizam com o "relativismo moral"».



Concordo a 100 por cento (comentei também eu - e deixei algumas questões, porque às vezes me irrita o mundo a preto e branco que o Barnabé desenha). Gostava de saber onde colocar a foto do enviado do Papa a Bagdad e Washington para tentar evitar a guerra, antes de ela ter começado, e os muitos discursos deste Papa contra esta guerra, e que tanto jeito deram na altura ao Bloco de Esquerda, para confrontar a "santa aliança" Durão-Portas? Gostava de saber onde colocar (desde o início da década de 80) os discursos deste Papa contra o capitalismo sem regras, neoliberal e selvagem? Os relativismos morais ficam bem em qualquer lado.

Maio 31, 2004

O ministro do calendário

Miguel Marujo

Eu desconfiava: há ministros que só servem para isto. Arnaut, José Luís, assina-se «Ministro Adjunto do Primeiro-Ministro (Com a tutela do Euro 2004)», na carta que me fez chegar cá a casa. No regresso de férias, não é das correspondências mais agradáveis. Um ministro que me pede para eu me portar bem: «Importa aproveitar ao máximo este evento e demonstrar, a quem nos visita, a nossa instrínseca e cordial hospitalidade». Mas Arnaut-com-a-tutela surpreende-me e envia-me nas costas da sua missiva o «calendário dos jogos», com as respectivas horas e locais. Só faltam os canais de TV que transmitem os joguitos. E se não fosse pedir muito, na próxima cartinha, o ministro podia mandar a cervejita e os tremoços para acompanhar a sua tutela! Força, pá.

Maio 30, 2004

Arrumações depois das férias

Miguel Marujo

É o que dá veranear em Maio. Chega-se e anda tudo noutro ritmo, à bolina e nós lentos a ser atropelados pelos que passam apressados na avenida ou na feira, no centro comercial ou na Segunda Circular. Depois retomam-se mentalmente os projectos grandiloquentes pensados a-ver-o-mar. Mas quase não passam daí: amanhã é dia de trabalho, a estante acumula novos livros e discos, sem que os outros tivessem melhorada arrumação. E os jornais, as revistas, os catálogos da feira do livro, as contas da casa: tudo continua a amontoar-se em mil e um pequenos montes que vou já arrumar...

Maio 28, 2004

Estou atrasado...

Miguel Marujo

... em meia-hora fiz uma ronda por alguns blogues - os clássicos e mais uns quantos amigos. E fiquei prostrado. Pior que «comentar temas políticos com cinco dias de idade [que] é, entre nós, quase um absurdo», como escreve Miguel Sousa Tavares, hoje no «Público», é procurar ler cinco dias de política e cultura e música e futebol e afins nos blogues. Impossível. «A política, tal como a seguimos e a vivemos, é um objecto de consumo instântaneo». E os blogues, Miguel, e os blogues?!



PS - Atrasado, este cantinho parabeniza o mestre de Aviz, e todos os amigos portistas pela vitória na Liga dos Campeões. Soube ainda melhor: o Benfica foi o único clube a roubar um troféu a este FC Porto galáctico!

Maio 28, 2004

Regresso

Miguel Marujo

Numa sexta-feira à noite, o regresso aos lugares que nos reconhecem. Uma semana sem saber de quase nada. Uma semana longe de tudo, com as notícias a chegarem quase velhas no jornal da manhã (quando havia, porque nem sempre o «Público» "chegava" até às 11h30). Longe de um computador, claro - melhor: deste pequeno mundo dos blogues. E sem nada para dizer, tanto para fazer. Uma semana de praia, sem ver multidões, a descobrir sítios fantásticos, quase selvagens. Sim, não foi no Brasil nem no Algarve das auto-estradas. Foi ali ao lado, num pedaço encravado entre Aljezur e Vila do Bispo. Vontade de regressar... lá.

Maio 24, 2004

Posta-it

Miguel Marujo

src=http://www.bronbeek.nl/iks/nieuwe_homepage/postit.gif>


Para estes dias, em que estaremos fora...

1. Espreitem a Terra da Alegria. Esta segunda-feira tem amigos a escrever. Quarta-feira regressa no formato do costume.

2. Há vários textos para ler. Aqui para baixo, ao sabor do "scroll". E outros, que vierem por bem...

3. Eu, por mim, acordarei todos os dias com esta vista. Até já.



src=http://mywebpage.netscape.com/cibertulia/montevelho.JPG>

Pág. 1/8