Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Janeiro 21, 2004

Mais me ajudas!

Miguel Marujo

Na semana passada, a propósito de queijos, escrevi aqui que achava que era preciso que todos fizéssemos alguma coisa para mudar o estado a que chegou o nosso país. E terminei o meu texto com a ameaça de que me preparo para tomar, eu próprio, uma iniciativa.



Ainda não é hoje que vou concretizar as minhas intenções, mas ando a maturar umas ideias e, mais cedo do que tarde, torná-las-ei públicas. Continuo a dizer que espero poder contar convosco!



«A prosperidade não existe sem muitos medos e desgostos», disse um dia Francis Bacon. E acrescentou que «a adversidade não existe sem muitos confortos e esperanças». Enfim, com os limites que é devido impor a estas afirmações absolutistas, acho que Francis Bacon tinha razão.



O conforto é agradável, mas quando o conforto é aparente ou momentâneo, apenas serve para que nos vamos habituando à nossa própria destruição. É como uma cama confortável: é fácil entrar nela, mas é difícil sair!



Há um momento em que temos de trocar o nosso conforto pelo futuro do mundo e da humanidade. Para os portugueses, parece-me que esse momento já chegou. Há bastante tempo!