Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Setembro 09, 2013

Da escola

Miguel Marujo

À escola cheguei aos 6, escola pública de tempos pós-revolucionários. Nem um pingo de queixume: sou como sou, também por causa desse percurso. Hoje, quando a minha filha chega à escola (na 'pré-primária'), a escola vive outros tempos, muito mais complicados. O Governo, que tanto usa o memorando da troika como costas largas para justificar o que lá não está, rasga o memorando quando este aponta a necessidade de baixar o financiamento das escolas privadas, as mesmas que Cavaco usou e que usaram a candidatura de Cavaco para se fazerem de vítimas num jogo em que a escola pública saía diminuída. Como agora se vê. Na última semana, o cheque-ensino veio mostrar a linha com que se cose este executivo: dá-se dinheiro aos privados (que se queixam sempre do Estado até o Estado lhes dar dinheiro) enquanto se corta na escola pública.