Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Agosto 22, 2013

O fogo e as cinzas

Miguel Marujo

É cliché gasto, esse de renascer a partir do fogo, mas o incêndio do Chiado há 25 anos significou de facto - mesmo com a tragédia da destruição, a perda de empregos, a ruína prolongada - o renascimento de um bairro da cidade que é único. Dispensem-se adjetivos ingleses e modernaços, armados ao pingarelho, e veja-se a cidade intercultural que ali vive, se exprime e se passeia. É a maior herança do incêndio. E o bem maior desse renascimento.