Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Pelo jornalismo e pela democracia

por Miguel Marujo, em 18.10.12
A crise que abala a maioria dos órgãos de informação em Portugal pode parecer aos mais desprevenidos uma mera questão laboral ou mesmo empresarial. Trata-se, contudo, de um problema mais largo e mais profundo, e que, ao afectar um sector estratégico, se reflecte de forma negativa e preocupante na organização da sociedade democrática. 
O jornalismo não se resume à produção de notícias e muito menos à reprodução de informações que chegam à redacção. Assenta na verificação e na validação da informação, na atribuição de relevância às fontes e acontecimentos, na fiscalização dos diferentes poderes e na oferta de uma pluralidade de olhares e de pontos de vista que dêem aos cidadãos um conhecimento informado do que é do interesse público, estimulem o debate e o confronto de ideias e permitam a multiplicidade de escolhas que caracteriza as democracias. O exercício destas funções centrais exige competências, recursos, tempo e condições de independência e de autonomia dos jornalistas. E não se pode fazer sem jornalistas ou com redacções reduzidas à sua ínfima expressão. 
As lutas a que assistimos num sector afectado por despedimentos colectivos, cortes nos orçamentos de funcionamento e precarização profissional extravasa, pois, fronteiras corporativas.
Sendo global, a crise do sector exige um empenhamento de todos – empresários, profissionais, Estado, cidadãos - na descoberta de soluções. 
A redução de efectivos, a precariedade profissional e o desinvestimento nas redacções podem parecer uma solução no curto prazo, mas não vão garantir a sobrevivência das empresas jornalísticas. Conduzem, pelo contrário, a uma perda de rigor, de qualidade e de fiabilidade, que terá como consequência, numa espiral recessiva de cidadania, a desinformação da sociedade, a falta de exigência cívica e um enfraquecimento da democracia.
Porque existe uma componente de serviço público em todo o exercício do jornalismo, privado ou público;
Porque este último, por maioria de razão, não pode ser transformado, como faz a proposta do Governo para o OE de 2013, numa “repartição de activos em função da especialização de diversas áreas de negócios” por parte do “accionista Estado”;
Porque o jornalismo não é apenas mais um serviço entre os muitos que o mercado nos oferece;
Porque o jornalismo é um serviço que está no coração da democracia;
Porque a crise dos média e as medidas erradas e perigosas com que vem sendo combatida ocorrem num tempo de aguda crise nacional, que torna mais imperiosa ainda a função da imprensa;
Porque o jornalismo é um património colectivo;
Os subscritores entendem que a luta das redacções e dos jornalistas, hoje, é uma luta de todos nós, cidadãos. 
Por isso nela nos envolvemos. 
Por isso manifestamos a nossa solidariedade activa com todos os que, na imprensa escrita e online, na rádio e na televisão, lutando pelo direito à dignidade profissional contra a degradação das condições de trabalho, lutam por um jornalismo independente, plural, exigente e de qualidade, esteio de uma sociedade livre e democrática.
Por isso desafiamos todos os cidadãos a empenhar-se nesta defesa de uma imprensa livre e de qualidade e a colocar os seus esforços e a sua imaginação ao serviço da sua sustentabilidade.
Proponentes: 

 

Adelino Gomes
Alfredo Maia - JN (Presidente do Sindicato de Jornalistas) 
Ana Cáceres Monteiro, Media Capital 
Alexandre Manuel - Jornalista e Professor Universitário 
Ana Goulart - Seara Nova 
Ana Romeu - RTP 
Ana Sofia Fonseca - Expresso 
Ana Tomas Ribeiro - Lusa 
Anabela Fino - Avante 
António Navarro - Lusa 
António Louçã - RTP 
Camilo Azevedo - RTP 
Carla Baptista - Jornalista e Professor Universitária 
Cecília Malheiro - Lusa 
Cesário Borga 
Cristina Martins - Expresso 
Catarina Almeida Pereira - Jornal de Negócios 
Cristina Margato - Expresso 
Daniel Ricardo – Visão 
Diana Ramos - Correio da Manhã 
Diana Andringa 
Elisabete Miranda – Jornal de Negócios 
Frederico Pinheiro - SOL 
Fernando Correia - Jornalista e Professor Universitário 
Filipe Silveira - SIC 
Filipa Subtil - Professora Universitária 
Filomena Lança – Jornal de Negócios 
Hermínia Saraiva - Diário Económico 
Joaquim Fidalgo 
Joaquim Furtado 
Jorge Araújo - Expresso 
José Milhazes - SIC / Lusa (Moscovo) 
José Vitor Malheiros 
João Carvalho Pina - Kameraphoto 
João Paulo Vieira - Visão 
João d’Espiney, Público 
José Luiz Fernandes - Casa da Imprensa 
José Manuel Rosendo - RDP 
José Rebelo - Professor e ex-jornalista 
Luis Andrade Sá - Lusa (Delegação de Moçambique) 
Luis Reis Ribeiro - I 
Liliana Pacheco - Jornalista (investigadora) 
Luciana Liederfard - Expresso 
Luísa Meireles - Expresso 
Maria de Deus Rodrigues - Lusa 
Maria Flor Pedroso - RDP 
Maria Júlia Fernandes - RTP 
Martins Morim - A Bola 
Manuel Esteves - Jornal de Negócios 
Manuel Menezes - RTP 
Margarida Metelo - RTP 
Margarida Pinto - Lusa 
Mário Nicolau – Revista C 
Miguel Marujo- DN 
Miguel Sousa Pinto - Lusa 
Mónica Santos - O Jogo 
Nuno Pêgas – Lusa 
Nuno Aguiar – Jornal de Negócios 
Nuno Martins - Lusa 
Óscar Mascarenhas 
Patrícia Fonseca - Visão 
Paulo Pena - Visão 
Pedro Rosa Mendes 
Pedro Caldeira Rodrigues - Lusa 
Pedro Sousa Pereira - Lusa 
Pedro Manuel Coutinho Diniz - Professor Universitário 
Pedro Pinheiro - TSF 
Raquel Martins - Publico
Rui Cardoso Martins 
Ricardo Alexandre – Antena 1 
Rosária Rato - Lusa 
Rui Peres Jorge – Jornal de Negócios 
Rui Nunes - Lusa 
Sandra Monteiro - Le Monde Diplomatique 
Sofia Branco - Lusa 
Susana Barros - RDP 
Susana Venceslau - Lusa 
Tomas Quental – Lusa 
Tiago Dias - Lusa 
Tiago Petinga -Lusa 
Vitor Costa – Lusa 
Este é apenas o primeiro passo duma iniciativa que pretende ser mais ampla. Nos próximos dias todos os jornalistas, bem como todos os cidadãos vão ser convidados a assinar e a participar. 
Pelo jornalismo, Pela democracia.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2003
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES