Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Janeiro 07, 2012

A voz que caminha connosco

Miguel Marujo

 

David Sylvian escreveu a Pop Song mais anti popsong que podemos ouvir, mas a sua música é pop de primeira água. A cada álbum, baralha-nos os sentidos: as programações, o experimentalismo sonoro ou o lirismo musical cruzam-se em perfeita sintonia. Em álbuns de originais, de canções ou instrumentais, ou entregando as suas criações à recriação de outros, Sylvian não necessita de estar nas listas do ano para ser sempre ouvido por cá. Died in the Wool foram em 2011 as variações de Manafon de 2009, mas a novidade permanece indelével.

 

Não faço listas do ano que passou; não vi filmes em salas, não ouvi todos os discos que queria, nem li o que acho merecedor; por isso, recordo 2011 naquilo que me interessa, nas coisas e pessoas que merecem ser citadas. A destempo, aqui vou deixando notas dos dias que passaram no ano passado.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.