Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Julho 19, 2004

Um encontro, uma descoberta

Miguel Marujo

A Argentina é um país de extremos. Para mim, por motivos insondáveis, uma relação de amor-ódio, em que nos últimos anos ganha espaço e lugar a paixão e o espanto por aquele imenso país. Da Patagónia de Chatwin, mas também de Sepúlveda, e da Buenos Aires de Piazzola, mas também de Corto Maltese. Mas a Argentina também é um longo mistério - as suas gentes, os seus portos, as suas planícies, ou como aquela terra de alegria se permitiu à barbárie da ditadura militar e ao colapso do capitalismo neoliberal. O cinema é a última revelação: um encontro fugaz num táxi é o ponto de partida para o amor. Um encontro meu, fugaz, ontem em frente ao televisor, é ponto de partida para o enamoramento.





«Taxi, un encuentro»